Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 16 de Abril de 2024

Menu

Imunização animal

Vacinação antirrábica começa hoje (5) em Sinop com ponto fixo de atendimento

Neste primeiro momento, a população interessada em vacinar cães e gatos deve procurar o ponto fixo no Centro de Combate às Endemias

Saúde | 05 de Março de 2024 as 12h 30min
Fonte: Daiane Stela - Assecom

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) por meio do departamento de endemias, inicia hoje (05) a campanha de vacinação antirrábica 2024. A ação de imunização terá ponto fixo de atendimento das 7h às 11h, de segunda a sexta-feira, e no sábado terá início a vacinação itinerante pela zona rural do município. 

Neste primeiro momento, a população interessada em vacinar cães e gatos deve procurar o ponto fixo no Centro de Combate às Endemias, que fica localizado na avenida das Itaúbas, nº 4.765, no Jardim das Palmeiras. Devem ser vacinados todos os cães e gatos a partir de três meses de idade, que estejam sadios, fêmeas amamentando, com exceção das prenhes que não podem ser imunizadas. 

É preciso atenção com o transporte dos animais até o local de vacinação, para garantir a segurança dos bichinhos, e também dos donos e vacinadores. A orientação é levar os cães com coleira segura, guia e focinheira para os animais de grande porte. Já os gatos devem ser levados em caixas de transporte ou mesmo enrolados em mantas. 

No sábado (09) inicia a vacinação itinerante, começando pela Gleba Mercedes, e assim que concluída aquela região as equipes irão atender a zona rural que fica no entorno da cidade. O objetivo é antecipar os trabalhos e atingir o maior número de animais, enquanto o dia “D” está sendo organizado.

O coordenador de endemias, Alef de Souza Costa, ressalta a importância da vacina. “Vacinar cães e gatos contra raiva é necessário, pois é uma doença que não tem cura e que pode transmitir para o homem. A única forma de prevenção é a vacina, que é gratuita e segura”.