Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 19 de Agosto de 2022

Menu

Saúde

Saúde define horário estendido em duas unidades para atender pacientes com sintomas gripais e Covid

Horário estendido | 07 de Julho de 2022 as 12h 21min
Fonte: Karoline Kuhn - Assecom

Foto: Assessoria – Arquivo

A partir de segunda-feira (11), as Unidades Básicas de Saúde Ibirapuera e Maria Vindilina II passarão a atender, de segunda à sexta-feira, das 18h às 22h, apenas os pacientes que apresentem sintomas gripais e de Covid-19. A medida adotada pela Secretaria de Saúde de Sinop tem como objetivo fornecer a população um horário diferenciado de atendimentos durante esse período em que os casos de Covid-19 têm aumentado.

O horário não altera a rotina de atendimentos das duas unidades durante o horário comercial. Também não altera a rotina de atendimentos das demais unidades de saúde, que seguem prestando os serviços à população em relação aos programas de saúde da família e atendimentos a sintomas gripais no horário tradicional (7h às 11h e 13h às 17h).

O horário estendido nas duas unidades será mantido por tempo indeterminado. Aos sábados, domingos e feriados, a Policlínica Meninos Jesus e a Unidade de Pronto Atendimento seguem como referência para atendimento das pessoas com sintomas gripais e suspeita de Covid-19.

A Secretaria de Saúde de Sinop reforça a recomendação do uso de máscara pela população dentro das unidades de saúde, em locais fechados e com aglomeração, por pessoas com 60 anos ou mais e que tenham alguma comorbidade, em pessoas que apresentem sintomas gripais, além de reforçar a recomendação da manutenção das medidas de biossegurança como higienização frequente das mãos e distanciamento social, considerando a última reunião do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE), da Secretaria de Estado de Saúde, que analisou os aumentos dos casos de Covid-19 no Estado e o potencial risco de elevação das internações em decorrência da doença e que resultou nas recomendações a serem adotadas pelos municípios.

Outra informação importante emitida pela Secretaria de Saúde é sobre a realização das testagens rápidas, que são feitas apenas em pacientes que estejam até o 7º dia de sintomas, como febre, tosse, dor de cabeça e cansaço em excesso, por exemplo.

Dados do último boletim Covid-19 do município, emitido ontem (06), desde o início da pandemia até o momento, foram registrados 35,2 mil casos confirmados de Covid-19, 34,1 mil recuperados e 493 mortes em decorrência da doença.