Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 24 de Maio de 2024

Menu

Atendimentos à população

Saiba quais são os serviços ofertados pelas Unidades Básicas de Saúde

Em Sinop são 24 UBS’s, que contam com 37 Equipes de Saúde da Família (ESF) e duas Equipes de Atenção Primária (EAP)

Saúde | 22 de Agosto de 2023 as 11h 08min
Fonte: Daiane Stela - Assecom

Foto: Divulgação

A Unidade Básica de Saúde (UBS) é a porta de entrada para o Sistema Único de Saúde (SUS), que existe para garantir que todo cidadão tenha acesso a medidas sociais e ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde.  Em Sinop são 24 UBS’s, que contam com 37 Equipes de Saúde da Família (ESF) e duas Equipes de Atenção Primária (EAP), com atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. 

As UBS’s são responsáveis pelo atendimento médico básico e preventivo da população, com uma equipe de profissionais que inclui médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários, entre outros, onde são ofertadas uma variedade de serviços, como: acolhimento, acompanhamento da gestante e do bebê (pré-natal e puericultura), tratamento odontológico, curativo, dispensação de preservativos, consulta e atendimento de enfermagem, exame preventivo (câncer de colo de útero), imunização (vacinas), consultas médicas, nebulização, administração de medicamentos, procedimentos ambulatoriais, planejamento familiar, visitas domiciliares, testes rápidos, acompanhamento de doenças crônicas e atendimento integral à saúde da família.

Além disso, as UBS’s também realizam atividades educativas e de promoção da saúde, com a realização de grupos de prevenção, que abordam temas diversos, com o objetivo de prevenir doenças e promover hábitos de vida saudáveis. A secretária de saúde, Daniela Galhardo, reforça que as unidades são fundamentais para garantir que os cuidados de saúde estejam disponíveis e acessíveis para toda população, independentemente da sua situação financeira ou social.

“A UBS é o primeiro local que a população deve procurar quando não se trata de emergências. É na unidade que o morador terá acesso às especialidades básicas, e quando o atendimento não é possível ser feito na UBS, ele é encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA André Maggi ou Policlínica Menino Jesus - 24hs), ou para outros serviços de maior complexidade, se for necessário. É importante frisar que quando o paciente é atendido na UPA, ele é orientado a procurar uma UBS para fazer o acompanhamento da saúde”, explicou Galhardo.