Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 19 de Agosto de 2022

Menu

Saúde

Reforma na UBS Ibirapuera é concluída e atendimentos são retomados; Paraíso é próxima

Obras na saúde | 08 de Julho de 2022 as 17h 52min
Fonte: Karoline Kuhn - Assecom

Foto: Assessoria

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Ibirapuera está completamente reformada e já está recebendo, novamente, a população. Nas últimas semanas, a estrutura ficou fechada para que os trabalhos de recuperação das redes elétrica, hidráulica, sanitária, pintura e instalação dos itens de acessibilidade fossem feitos. Aproximadamente R$ 215 mil foram investidos nos trabalhos.

A reforma na unidade faz parte de um cronograma elaborado pela Secretaria de Saúde de Sinop.  A próxima estrutura a passar por obras é da UBS Paraíso, a partir de segunda-feira (11). Enquanto o prédio estiver em obras, a população assistida pela equipe da unidade será atendida no prédio da UBS Ibirapuera.

O cronograma de reformas e readequações deste ano prevê 14 UBS's. Ao todo, os investimentos são de aproximadamente R$ 3 milhões em recursos próprios do Executivo Municipal. "Lembrando que não são apenas as unidades básicas de saúde. Mas, também, as unidades de média e alta complexidade que estão passando por mudanças e reformas. Nós mudamos a regulação e ampliamos o atendimento para a população. O Centro de Referência à Hanseníase e o Centro de Reabilitação colocamos os dois um próximo do outro porque são serviços complementares", destacou a secretária de Saúde, Daniela Galhardo.

As UBS Sebastião de Matos e Sabrina foram as primeiras reformadas e entregues à população. Também estão na relação as unidades dos bairros Camping Club, Boa Esperança, Maria Vindilina I e II, Cidade Jardim, Primaveras, Palmeiras, São Cristóvão, Nações e Violetas.

“Foi um pedido do nosso prefeito Roberto Dorner para que a gente tivesse todo um cuidado com a atenção primária. Então, iniciamos as reformas das unidades, visto que são unidades que foram construídas há mais de 8 anos e que precisavam desse cuidado”, finalizou Galhardo.