Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Segunda Feira 15 de Julho de 2024

Menu

Reforço contra a dengue

Primeira remessa da vacina contra a dengue chega em MT na próxima semana

Selecionadas pelo Ministério da Saúde, 35 cidades serão contempladas com mais de 131 mil doses da vacina

Saúde | 26 de Abril de 2024 as 07h 10min
Fonte: Mailson Prado | SES-MT

Foto: Divulgação

As primeiras doses da vacina contra a dengue devem chegar em Mato Grosso na próxima semana, conforme o comunicado orientativo encaminhado pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (25.04). As doses serão distribuídas para os 35 municípios selecionados pelo Ministério.

No total, Mato Grosso deve receber 131.479 doses da vacina contra a dengue. A escolha dos municípios pelo Ministério da Saúde considerou o Painel de Monitoramento das Arboviroses, então receberão as doses os que estão com maiores índices.  

Cuiabá e Várzea Grande foram contempladas com mais de 65 mil doses. Sinop, Sorriso e Lucas do Rio Verde também estão na lista das cidades que devem receber as vacinas, somando mais 26 mil doses disponibilizadas para a região.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, comemorou a decisão e reforçou a parceria com os municípios na distribuição das doses.

“A vacina contra a dengue é fruto de muito estudo e agora ela se torna uma realidade para os mato-grossenses. Como as demais vacinas disponibilizadas, a SES firma o compromisso na distribuição das doses aos municípios elencados pelo Ministério da Saúde. É um reforço muito aguardado na batalha diária que todos nós enfrentamos contra a dengue”, afirmou o secretário.

A superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Alessandra Moraes, reforçou que o público incluído nesta primeira fase da vacinação é de crianças entre 10 e 14 anos. 

“O Ministério da Saúde segue as diretrizes do Programa Nacional de Imunizações (PNI), por meio da recomendação feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que apontou um agravamento na faixa etária dos jovens de 10 a 14 anos em relação à doença”, esclareceu.

A definição do público-alvo e das regiões prioritárias para a imunização foi necessária em razão da capacidade limitada de fornecimento de doses pelo laboratório fabricante da vacina. O esquema vacinal será composto por duas doses, com intervalo de três meses entre elas.

Veja a lista completa de cidades contempladas:

Cuiabá; Várzea Grande; Chapada dos Guimarães; Santo Antônio do Leverger; Planalto da Serra; Nova Brasilândia; Nossa Senhora do Livramento; Jangada; Poconé; Acorizal; Barão de Melgaço; Sinop; Sorriso; Lucas do Rio Verde; Nova Mutum; Nova Ubiratã; Cláudia; Santa Carmem; União do Sul; Feliz Natal; Tapurah; Vera; Santa Rita do Trivelato; Itanhangá; Ipiranga do Norte; Tangará da Serra; Campo Novo do Parecis; Sapezal; Nova Olímpia; Barra do Bugres; Porto Estrela; Santo Afonso; Arenápolis; Nova Marilândia; Denise.