Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 26 de Fevereiro de 2024

Menu

Combate a dengue

Mutirão de Combate ao Mosquito Aedes aegypti começa na próxima semana em Sinop

Durante aproximadamente 30 dias, os trabalhos do mutirão serão realizados em parceria com as secretarias de Obras e Meio Ambiente

Saúde | 28 de Setembro de 2023 as 15h 29min
Fonte: Daiane Stela - Assecom

Foto: Divulgação

No dia 2 de outubro, próxima segunda-feira, às 8h, na Escola Rodrigo Damasceno, a Prefeitura de Sinop, por meio do Centro de Combate às Endemias iniciará uma ação fundamental para a saúde de toda a comunidade: O mutirão de combate ao mosquito Aedes Aegypti. Nesse ano, a campanha tem como slogan "Seja um Agente em Sua Casa" e é uma iniciativa crucial para a prevenção de doenças transmitidas por esse vetor.

Durante aproximadamente 30 dias, os trabalhos do mutirão serão realizados em parceria com as secretarias de Obras e Meio Ambiente. As equipes passarão por seis bairros (Violetas, Oliveiras I e II, Imperial, Boa Esperança e Celeste) que foram escolhidos devido ao elevado número de notificações, e pelo Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa). O coordenador de endemias, Alef de Souza Costa, destaca a importância desta campanha. 

"O combate ao Aedes aegypti é uma responsabilidade que compartilhamos em nossas casas e comunidade. Nós, enquanto agentes de saúde, estamos aqui para orientar e apoiar, mas o verdadeiro poder está nas mãos de cada um. É essencial eliminar criadouros, manter recipientes fechados e dar aquela geral no quintal para proteger nossa família e vizinhos", enfatizou. 

Durante esse período é importante que os moradores recebam os agentes em suas casas, lembrando que todos usam uniformes e crachá de identificação, além disso no site da prefeitura é possível ver as fotos com nome de cada servidor do departamento de endemias. Juntos vamos reduzir os focos do mosquito e, assim, reduzir os casos de doenças como dengue, zika e chikungunya. 

“O sucesso deste mutirão depende do comprometimento de todos. Por isso convido os moradores desses bairros para se juntarem a nós na luta contra esse mosquito, contribuindo desta forma para um ambiente mais seguro para todos. Afinal, se cada um for agente em sua casa vamos conseguir eliminar o maior número possível de possíveis criadouros, principalmente neste período em que as chuvas já tiveram início”, explicou o coordenador de endemias.