Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 19 de Agosto de 2022

Menu

Saúde

Menina de 11 anos morre por complicações da covid-19

Heliza da Cruz Leal morava em Porto Esperidião, mas havia sido transferida para hospital da capital

Covid-19 | 08 de Julho de 2022 as 10h 05min
Fonte: Gazeta Digital

Foto: Arquivo pessoal

Um menina de 11 anos morreu na quinta-feira (7) devido a complicações da covid-19. Heliza da Cruz Leal era de Porto Esperidião e foi removida para Cuiabá por causa do grave estado de saúde e não resistiu.

Segundo informações do site TV Centro Oeste, a menina foi hospitalizada na Santa Casa de Pontes e Lacerda. Ela precisava de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi removida para o Hospital de Referência para Covid da Capital ( Antigo Pronto Socorro), na sexta-feira (1ª).

Ela permaneceu internada, mas não resistiu e morreu na manhã de quinta-feira (7). A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que a menina tinha comorbidades que dificultaram sua recuperação. Ela tinha diabetes e problema renal.

Em todo o país, os casos de covid-219 têm aumentado consideravelmente. Algumas cidades de Mato Grosso já voltaram a exigir uso de máscara em ambientes fechados, como forma de conter o avanço da doença.

O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostrou que Mato Grosso registrou 771.458 casos da doença e 15.017 óbitos decorrentes dela.

Um grupo de 73% da população foi vacinada com pelo menos uma dose do imunizante. Contudo, o volume cai nas doses de reforço, 66% voltou para a segunda injeção.

Cuidados

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:
- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
- Evitar contato próximo com pessoas doentes;
- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.