Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 01 de Julho de 2022

Menu

Saúde

Mais de 2 mil pessoas devem passar por mutirão de prevenção ao câncer em Sinop

Cuidados | 17 de Maio de 2022 as 08h 54min
Fonte: Karoline Kuhn - Assecom

Foto: Assecom

Médicos do Hospital de Câncer de Mato Grosso iniciaram, nesta segunda-feira (16), um mutirão de atendimentos aos sinopenses para identificação de casos de câncer. A campanha, fruto de uma parceria entre Prefeitura de Sinop, hospital e o grupo 163 do Bem, ocorre até sexta-feira (20), no Centro de Especialidades Médicas (CEM), com consultas para identificação de cânceres de mama, próstata, pele e de boca, além de coleta de exame citopatológico (Papanicolau).

“Esperamos aproximadamente 500 pessoas na data de hoje e, no decorrer da semana, aproximadamente 2,5 mil pessoas passarão por atendimentos”, destacou a secretária de Saúde, Daniela Galhardo. Os pacientes que estão sendo atendidos foram selecionados previamente pela Secretaria de Saúde, considerando o banco de espera da Central Municipal de Regulação e os pedidos nas Unidades Básicas de Saúde.

É o caso do Jamilson Carlos Marinho, 48 anos, que precisava de uma avaliação com especialista na área da urologia. “Essa campanha veio no momento certo. A gente marca, faz a regulação e as vezes demora algum tempo. Isso aqui veio no momento oportuno para gente poder dar o encaminhamento nos exames. Aproveitei o ensejo para dar entrada nesses exames que estou precisando fazer, consulta e exames”, explicou.

Na campanha, o paciente passa pela consulta e já sai com o devido encaminhamento para tratamento. “Se esse paciente é suspeito e precisa fazer algum determinado exame, como biópsia, nós encaminhamos ou, algumas [biópsias] nós fazemos aqui. Se é cirúrgico a gente já encaminha para o hospital. Ele já sai daqui com o agendamento, inclusive, sabendo qual a consulta ele vai fazer, por qual médico ele vai passar, por qual setor ele vai passar no hospital, já para dar encaminhamento final pra ele. Um tratamento mais prévio possível. Nosso objetivo aqui é tentar fazer o atendimento mais precoce possível do câncer, para garantir a cura desse paciente. Para que ele não chegue no hospital com um estágio mais avançado”, detalhou o diretor técnico do hospital, Diogo Leite Sampaio.

Os atendimentos seguem até sexta-feira, das 8h às 19h. “Ainda temos vagas disponíveis. O interessado pode estar procurando as nossas unidades de saúde ou pode estar vindo direto no Centro de Especialidades Médicas que a nossa equipe faz todo acolhimento”, reforçou a secretária Daniela Galhardo.