Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 03 de Março de 2024

Menu

Prevenção

Dados do último LIRAa de 2023 revelam alerta contra o Aedes aegypti

Durante o último levantamento, mais de 2 mil residências foram inspecionadas

Saúde | 30 de Outubro de 2023 as 11h 45min
Fonte: Daiane Stela - Assecom

Foto: Divulgação

O Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) é uma ferramenta essencial para o controle das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti em todo o Brasil. Realizado quatro vezes ao ano, o LIRAa fornece dados valiosos sobre a presença do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, orientando as ações do poder público na luta contra essas doenças. 

Os dados mais recentes do LIRAa em Sinop, correspondentes ao último levantamento do ano, apresentam informações cruciais para a comunidade local. O percentual preconizado pelo Ministério da Saúde é de 1%, um indicador fundamental para avaliar o risco de surtos dessas doenças. O primeiro levantamento registrou um índice preocupante de 10,9%, trazendo um alerta na cidade. No entanto, a mobilização da comunidade e o trabalho árduo das equipes de endemias trouxeram resultados notáveis nos levantamentos subsequentes, com índices de 2,2%, 1,3% e 5,3%, respectivamente.

Durante o último levantamento, mais de 2 mil residências foram minuciosamente inspecionadas, revelando a presença de 149 focos do Aedes aegypti. Surpreendentemente, apenas dois desses focos foram encontrados em terrenos baldios, enquanto a grande maioria estava localizada dentro dos quintais das residências. Esses focos foram identificados em vasos de plantas, ralos, calhas e até mesmo no lixo doméstico.

O coordenador de endemias, Alef de Souza Costa, destaca que a colaboração dos moradores é crucial. “Esse aumento nos dados já era esperado, pois com a chegada das chuvas os cuidados devem ser redobrados. Mais uma vez reforçamos a importância de cada um fazer a sua parte, pois 50% dos focos encontrados durante o Liraa estão no lixo doméstico. É fácil eliminar esse criadouro, é só ter atenção ao descarte correto e dar aquela geral no quintal, para eliminar aquela sacolinha plástica, copo descartável e até mesmo tampinhas de garrafas”, pontuou.

Esses dados destacam a necessidade urgente de conscientização e ação por parte da população, uma vez que o Aedes aegypti continua a representar uma ameaça significativa para a saúde pública. É fundamental que os moradores estejam cientes da importância de eliminar criadouros potenciais do mosquito em suas propriedades e adotar medidas preventivas, como eliminar água de vasos de plantas, lavar vasilhas dos animais e fazer manutenção nas calhas e ralos.

Os resultados do último LIRAa em Sinop demonstram a importância da colaboração entre autoridades, profissionais de saúde e a população em geral para combater a proliferação do Aedes aegypti. A vigilância contínua e a ação proativa são essenciais para manter a cidade livre dessas doenças transmitidas por mosquitos e garantir o bem-estar da comunidade.