Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 19 de Agosto de 2022

Menu

Rural

Sicredi disponibiliza R$ 50,6 bilhões no Plano Safra

Expectativa é realizar cerca de 272 mil operações em todo o Brasil

Dinheiro | 01 de Agosto de 2022 as 17h 41min
Fonte: Assessoria Sicredi

Foto: CNA

Associados do Sicredi em todo o País terão R$ 50,6 bilhões em recursos no Plano Safra 2022/2023. O valor é 33% maior que o concedido no ano-safra anterior e a projeção é que os recursos sejam disponibilizados em cerca de 272 mil operações. Nos estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá e nas cidades de Britânia e Jussara, em Goiás, os cooperados terão R$ 9,960 bilhões disponíveis para contratação, o equivalente a 20% do total. O Sicredi é a 2ª maior instituição financeira do Brasil em crédito rural.

Para os produtores desses estados, o valor disponível nesta safra é 6,7% maior que o total liberado no ciclo passado, quando somou R$ 9,332 bilhões. Sobre o montante planejado, que era de R$ 5,034 bilhões na safra passada, o orçamento para este ciclo tem incremento de 98%. A projeção é que sejam realizadas 55 mil operações nesses estados.

Do total de recursos disponibilizados pelo Sicredi nessa localidade, R$ 6,9 bilhões são para custeio, R$ 2,7 bilhões para investimento, R$ 30 milhões para comercialização e outros R$ 30 milhões para industrialização (incluindo todos os portes de produtores rurais).

Na divisão por público, os pequenos produtores têm R$ 612,2 milhões em recursos via Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), volume 119% maior que os R$ 280 milhões planejados no ciclo agrícola anterior. Aos médios e grandes produtores estão disponíveis R$ 9,348 bilhões, cifra 96,6% superior aos R$ 4,754 bilhões projetados na safra passada. Aos grandes produtores, o volume ofertado é de R$ 8,375 bilhões, 90% a mais que os R$ 4,242 bilhões planejados no início da safra passada.

Os recursos do Plano Safra estão disponíveis para contratação desde 1° de julho. O plano safra vai até 30 de junho de 2023. Em todo o País, o governo federal divulgou orçamento de R$ 340,8 bilhões para esta temporada, acréscimo de 36% sobre a anterior.

 

Safra 2021/2022

No Plano Safra 2021/2022, as cooperativas do Sicredi nos estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Acre, Amazonas, Amapá, Roraima e nas cidades de Britânia e Jussara, em Goiás, liberaram R$ 9,332 bilhões em crédito aos produtores rurais, crescimento de 31% sobre o volume emprestado na safra 2020/2021, quando foram R$ 7,112 bilhões. Ao todo foram 20.753 operações, 24% a mais que na temporada anterior. Em todo o País, o Sicredi liberou R$ 38,2 bilhões em mais de 251 mil operações.

Nos oito estados, a maior parte dos recursos foi destinada ao custeio da safra. Foram R$ 6,157 bilhões no ano safra recém-terminado, contra R$ 4,373 bilhões no anterior, aumento de 41%. Para investimento, as cooperativas do Sicredi liberaram 22% a mais de recursos, ao passar de R$ 2,544 bilhões na safra 2020/2021 para R$ 3,1 bilhões na última safra. Para comercialização foram destinados R$ 68,4 milhões e para industrialização R$ 6 milhões.

Ao estratificar os números por porte do público, à agricultura familiar foram emprestados R$ 1,063 bilhão, volume 135% superior à safra passada, quando os pequenos produtores contrataram R$ 452 milhões. A agricultura empresarial (médios e grandes produtores) foi responsável pela contratação de R$ 8,268 bilhões, aumento de 24% se comparado à safra passada (R$ 6,660 bilhões).