Boa noite, Quarta Feira 12 de Maio de 2021

Rural

Parceria vai agilizar análise do Cadastro Ambiental Rural

Assinatura do Protocolo de Intenções aconteceu na manhã desta sexta-feira (19)

No mapa | 19 de Março de 2021 as 17h 12min
Fonte: Lorena Bruschi - Sema-MT

Foto: Assessoria SEMA-MT

Com o objetivo de melhorar o Cadastro Ambiental Rural de Mato Grosso, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), a Casa Civil e o Instituto Ação Verde (IAV) assinaram um Protocolo de Intenções na manhã desta sexta-feira (19).

Após a parceria, Mato Grosso contará com a Base Cartográfica da Hidrografia, a ser disponibilizada pelo IAV, como referência para impulsionar a análise do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e o Programa de Regularização Ambiental (PRA). O Protocolo de intenções tem vigência de um ano a partir da assinatura.

"Estamos consolidando essa parceria que certamente trará muitos benefícios para Mato Grosso, para o meio ambiente, e para o setor produtivo, graças a todas as entidades que se dispuseram a fazer investimento nas melhorias da parte tecnológica da Sema", avalia o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. . 

O uso de uma Base Cartográfica de Hidrografia unificada aumenta a capacidade operacional da Sema-MT, conta o secretário Executivo da Sema-MT, Alex Marega. "Este protocolo é mais uma de tantas parcerias que temos com o setor produtivo, e que vai não só promover a conservação do meio ambiente, mas condições para que o setor possa produzir e também preservar".

O presidente do Instituto Ação Verde (IAV), Adilson Valera Ruiz, ressalta a importância da parceria. "Quero parabenizar o governo por esta atitude proativa de somar, é sempre um aprendizado e uma doação. Estamos muito felizes em participar deste projeto do CAR que poderá resultar em um fluxo maior de análises, e aprovações de cadastros", afirma.

 

Protocolo de intenções

A base disponibilizada é a geográfica municipal feita pela Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS), que foi criada com a finalidade de gerar ferramentas para o trabalho de validação do CAR pelos Estados, e pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB).

Para Mato Grosso, foram feitas 88 bases geográficas contemplando: Rios de margem simples; Rios de margem dupla; Nascentes; Massa de água; Área de preservação permanente de hidrografia; Área de preservação permanente degradada de hidrografia; Formação florestal; Formação não florestal; Silvicultura; Área antropizada; Área Edificada.

 

Cadastro Ambiental Rural

O Estado já possui em sua base cadastral cerca de 66% das áreas rurais passíveis de inscrição no CAR, totalizando cerca de 103 mil cadastros. O Sistema Mato-Grossense de Cadastro Ambiental (Simcar) é um sistema de cadastro ambiental rural que foi implantado pela Sema-MT em substituição ao Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar).

O sistema foi instituído pela Lei Complementar nº 592, de 26 de maio de 2017, e é considerado uma ferramenta primordial para mapear as propriedades do Estado, assegurando uma visão assertiva dos ativos e passivos ambientais do Estado.

Mato Grosso é o primeiro Estado brasileiro a efetivamente lançar o sistema com a possibilidade de adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA), atendendo os preceitos do novo Código Florestal que visam a conservação e a regularização ambiental.

Estiveram presentes na assinatura, de forma remota, o diretor executivo do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), Valdinei Bento dos Santos; o diretor executivo da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), Welligton Andrade, o representante da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), Alvaro Leite, o presidente da Associação Matogrossense dos Produtores de Algodão (AMPA), Paulo Sérgio Aguiar; o gerente do Instituto Mato-grossense da Carne (IMAC), Henrique Prado, e o secretário Adjunto de Administração Sistêmica da Sema-MT, Valdinei Valério da Silva.