Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quarta Feira 24 de Julho de 2024

Menu

Agronegócios

Mato Grosso registra novo recorde no esmagamento de soja

Volume processado atingiu 1,16 milhão de toneladas

Rural | 20 de Junho de 2024 as 11h 42min
Fonte: Agrolink - Aline Merladete

Foto: Pixabay

O mês de maio de 2024 registrou um recorde histórico no esmagamento de soja. Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), o volume processado atingiu 1,16 milhão de toneladas, um aumento de 2,69% em relação a abril de 2024 e um impressionante crescimento de 20,24% em comparação com maio do ano passado. O aumento no esmagamento reflete a robustez e a eficiência crescente das indústrias do estado. Em maio, o volume de soja processado representou 95,53% da capacidade estática das plantas industriais de Mato Grosso, demonstrando uma utilização quase máxima das instalações disponíveis.

No acumulado do ano, de janeiro a maio de 2024, o total esmagado chegou a 5,41 milhões de toneladas. Este número representa um incremento de 14,45% em comparação com o mesmo período de 2023. Esse crescimento é atribuído à ampliação da capacidade estática das indústrias e ao aumento na demanda por coprodutos de soja, especialmente o farelo de soja, que tem sido altamente procurado para exportações.

As exportações de farelo de soja de janeiro a maio de 2024 somaram 3,31 milhões de toneladas, registrando um aumento de 4,93% em comparação com o mesmo período do ano anterior. A crescente demanda internacional por farelo de soja tem sido um fator crucial no desempenho positivo das indústrias do estado.

Adicionalmente, a margem bruta das indústrias de esmagamento de soja em Mato Grosso também apresentou crescimento. Em maio de 2024, a margem bruta fechou em R$ 341,49 por tonelada, representando um aumento de 8,36% em relação ao mês anterior. Este dado destaca a lucratividade e a competitividade da indústria de esmagamento de soja no estado.