Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Sexta Feira 01 de Julho de 2022

Menu

Política

Vereadores aprovam reajuste de 10% no salário dos servidores públicos

Reajuste que acompanha a inflação aumenta a despesa com folha de pagamento em R$ 21,7 milhões

Sinop | 17 de Dezembro de 2021 as 17h 12min
Fonte: Jamerson Mileski

Na última sessão ordinária de 2021, realizada nesta sexta-feira (17), a Câmara de vereadores aprovou um reajuste salarial de 10% para todos os servidores públicos municipais de Sinop. O aditivo salarial tem como objetivo repor as perdas provocadas pela inflação.

Seguindo o que já ocorreu nos anos anteriores, a gestão municipal usou como parâmetro para o cálculo do RGA (Revisão Geral Anual), o Índice de Preços ao Consumidor de Sinop, que é apurado pelo departamento de Economia da Unemat, em parceria com a CDL. A inflação local apurada nos últimos 12 meses foi de 9,29% - levemente inferior ao IPCA Nacional, que aponta um incremento no custo de vida na ordem de 10,67%. Os projetos de lei que autorizam o RGA, elaborados pela prefeitura, ficaram no meio termo: 10% de reajuste.

A reposição salarial atinge todas as categorias, incluindo servidores comissionados e aqueles lotados na autarquias (Ager e Previ-Sinop). A estimativa de gastos com funcionalismo público em 2022 era de R$ 217 milhões sem o reajuste. Com a reposição, a folha de pagamento deverá consumir R$ 236 milhões no próximo ano.

Os servidores da Câmara de vereadores também receberão 10% de reposição. Já para os vereadores, o valor aprovado foi de 6,98%. A partir de janeiro do ano que vem, o salário dos vereadores será de R$ 11.393,00 – mais R$ 6.389,00 de verba indenizatória, que também é passível de ser reajustada conforme a inflação. Já o salário do presidente da Câmara vai para R$ 14.241,00.

Na mesma sessão os vereadores também aprovaram um aumento no auxílio alimentação dos servidores municipais. O valor saltou de R$ 228,00 para R$ 300,00 – incremento de 31%.