Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 28 de Junho de 2022

Menu

Política

Real Time Big Data em SP: Haddad lidera com 29%; França e Tarcísio têm 15%

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados não recebem uma lista prévia de pré-candidatos, Haddad fica com 9% das intenções

Pesquisa Eleitoral | 23 de Maio de 2022 as 18h 36min
Fonte: UOL.com.br

Foto: Divulgação

Pesquisa Real Time Big Data contratada pela Record TV e divulgada hoje aponta o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) à frente na corrida eleitoral para o governo do estado de São Paulo, com 29% das intenções de voto na pesquisa estimulada -quando o entrevistado recebe uma lista com os nomes dos pré-candidatos. Em segundo lugar, aparecem empatados numericamente o ex-governador Márcio França (PSB) e o ex-ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), com 15% cada, no cenário testado com mais pré-candidatos.

O governador Rodrigo Garcia (PSDB) registrou 7% das intenções de voto. O deputado federal Vinícius Poit (Novo), o ex-ministro Abraham Weintraub (PMB), Felício Ramuth (PSD) e Elvis Cezar (PDT) ficaram com 1%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, esses candidatos estão tecnicamente empatados.

A pesquisa Real Time Big Data de hoje não é comparável com a rodada anterior, feita em março, já que agora constam os nomes de Altino Júnior e Elvis Cezar, enquanto a deputada federal Renata Abreu (Podemos) foi excluída da sondagem. No levantamento de março, Haddad tinha 27%; França e Tarcísio, 14%; Garcia, 6%; Renata, 2%, e Poit, Ramuth e Weintraub, 1%. O levantamento fez 1.500 entrevistas por telefone entre os dias 20 e 21 de maio. O nível de confiança é de 95%. O registro junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é SP-05693/2022.

 

Veja a seguir os cenários testados para 1º turno

Cenário 1:

Fernando Haddad (PT): 29%

Márcio França (PSB): 15%

Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 15%

Rodrigo Garcia: 7%

Vinícius Poit (Novo): 1%

Abraham Weintraub (PMB): 1%

Felício Ramuth (PSD): 1%

Elvis Cezar (PDT): 1%

Altino Júnior (PSTU): 0%

Gabriel Colombo (PCB): 0%

Branco/nulo: 18%

Não sabe/não respondeu: 12%

 

Cenário 2:

Márcio França (PSB): 27%

Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 15%

Rodrigo Garcia (PSDB): 9%

Elvis Cezar (PDT): 2%

Vinícius Poit (Novo): 2%

Abraham Weintraub (PMB): 1%

Felício Ramuth (PSD): 1%

Altino Júnior (PSTU): 0%

Gabriel Colombo (PCB): 0%

Branco/nulo: 26%

Não sabe/não respondeu: 17%

 

Cenário 3:

Fernando Haddad (PT): 33%

Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 20%

Rodrigo Garcia (PSDB): 10%

Vinícius Poit (Novo): 2%

Felício Ramuth (PSD): 2%

Abraham Weintraub (PMB): 1%

Elvis Cezar (PDT): 1%

Altino Júnior (PSTU): 0%

Gabriel Colombo (PCB): 0%

Branco/nulo: 18%

Não sabe/não respondeu: 13%

 

Cenário 4:

Fernando Haddad (PT): 30%

Márcio França (PSB): 16%

Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos): 16%

Rodrigo Garcia (PSDB): 7% Branco/nulo: 18%

Não sabe/não respondeu: 13%

 

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados não recebem uma lista prévia de pré-candidatos, Haddad fica com 9% das intenções de voto, Tarcísio tem 7%, e França, 4%. Os três estão tecnicamente empatados, dentro da margem de erro.