Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Terça Feira 23 de Julho de 2024

Menu

Eleições 2024

PL destitui Rosana da presidência para selar apoio a Dorner

Executiva estadual esvaziou o diretório de Sinop que será recomposto com indicados pelo prefeito

Política | 03 de Maio de 2024 as 19h 13min
Fonte: Jamerson Miléski

Com uma canetada, a direção do PL em Mato Grosso destituiu o diretório do partido em Sinop. A decisão remove a ex-prefeita de Sinop, Rosana Martinelli do posto de presidente do PL local – cargo que ocupou nos últimos 12 anos, desde que se filiou ao partido.

O assunto veio a público através de uma nota emitida por Rosana. Segundo ela, dar publicidade a ordem da presidência estadual do PL foi seu último ato como presidente do partido em Sinop.

Como a decisão da executiva estadual do PL não foi justificada, especulações e ilações começaram a ser feitas sobre as razões que provocaram o expurgo. Alguns veículos de comunicação trataram a decisão como a consequência de um desgaste provocado pela filiação do prefeito de Sinop e candidato a reeleição, Roberto Dorner, que teria deixado lideranças do PL descontentes.

Ao GC Notícias, Rosana disse que a decisão do partido atende a um pedido de Dorner afim de garantir a sua candidatura a prefeito pelo PL. “O partido tem uma hierarquia e Roberto queria uma garantia de que sua candidatura seria aprovada na convenção. Eu entendo isso perfeitamente e aceitei a decisão sem mágoa. É um ciclo que se fecha”, declarou Rosana.

A ameaça a Dorner em uma convenção conduzida pelo atual diretório seria a aprovação da candidatura da própria Rosana para prefeitura de Sinop. Inicialmente, apenas Rosana seria afastada da presidência, mas o partido optou por refazer todo o diretório, blindando assim a candidatura de Dorner.

A manobra do PL estadual é muito similar ao que ocorreu em 2020. Rosana já estava com sua campanha na rua para a reeleição, quando o senador Wellington Fagundes chegou na cidade, fez um discurso dúbio no palanque da ex-prefeita e terminou a noite na convenção do PRB, anunciando que o PL apoiaria a candidatura de Dorner.

A nova comissão provisória do PL de Sinop deve ser constituída com as indicações feitas pelo candidato a reeleição.

Já Rosana pretende focar agora em fazer cumprir os acordos pretéritos para que possa assumir por 4 meses a vaga de Wellington no Senado Federal – já que ela é suplente.