Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Domingo 19 de Setembro de 2021

Política

Ministério Público lança questionário para ouvir população dos bairros

Sorriso | 20 de Abril de 2021 as 15h 46min
Fonte: Redação

Em Sorriso o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 3ª Promotoria de Justiça Cível, lançou um questionário para que a população apresente os principais problemas e necessidades de cada bairro. O diagnóstico norteará a atuação do MPMT no município. A iniciativa conta com a parceria das associações de moradores e conselhos de direitos. Além da divulgação por meio da imprensa e grupos de Whatsapp, o questionário também está disponível no Instagram.

De acordo com o promotor de Justiça Márcio Florestan Berestinas, o levantamento do diagnóstico faz parte do projeto “Cidadão com Voz e Vez”. “O nosso objetivo é fazer com que os moradores de Sorriso sejam protagonistas da construção de um país melhor e mais justo. Estamos trabalhando para fortalecer a participação popular na gestão pública e o controle social”, ressaltou o promotor de Justiça.

Segundo ele, o projeto trabalha em diversas frentes. Além da elaboração do diagnóstico dos bairros, o MPMT tem realizado palestras, workshops, rodas de conversa e audiências públicas para sensibilizar os moradores sobre os instrumentos disponíveis para concretização da democracia participativa. O projeto prevê ainda a celebração de convênios e parcerias para envolvimento de instituições e sociedade organizada.

“Além de palestras sobre os instrumentos existentes, como o projeto de lei de iniciativa popular, ação popular e orçamento participativo, estamos também desenvolvendo um trabalho junto aos presidentes de bairros para regularização das associações”, acrescentou.

A intenção, conforme o promotor de Justiça, é ter ao menos uma associação de moradores por bairro. Além de fornecer modelos de estatuto, os presidentes e membros da diretoria serão capacitados sobre o funcionamento adequado das associações.

Acesse o Questionário nesse link.