Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Pesquisa

Mais da metade dos sinopenses acha o governo federal ruim ou péssimo

Levantamento aponta rejeição ao Governo Lula em Sinop na casa dos 51%

Política | 28 de Novembro de 2023 as 06h 29min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Mayke Toscano - Secom-MT

O anti-petismo e a rejeição ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Sinop continuam “vivos” após 11 meses do novo governo. É o que mostra a pesquisa realizada pelo Instituto MKT, em parceria com o site GC Notícias, Rádio Jovem Pan e Real TV/ Record, canal 8.1. O levantamento que começa a ser divulgado nesta terça-feira (28), revela uma avaliação negativa do Governo Federal, com 51,55% considerando a gestão ruim ou péssima.

Questionados sobre como avaliam a gestão do atual presidente da República, 37,75% qualificaram como Péssimo. Outros 13,8% avaliaram como Ruim. Para 26,06% o governo é Regular.

Na banda que está mais contente com a condução feita pelo líder petista estão 17,89% que avaliaram o Governo Federal como Bom, e 4,51% como Ótimo – somando uma avaliação positiva de 22,4%. Ou seja, a cada 14 sinopenses, 3 estão contentes com o governo federal, 7 estão bem descontentes e 4 estão considerando a gestão “ok”.

O percentual de avaliação positiva que o governo recebeu é praticamente idêntico aos votos recebidos pelo presidente Lula no município. Na eleição de 2022, o candidato petista obteve 22,9% dos votos no segundo turno. Enquanto isso, Jair Bolsonaro acumulou 76,95% dos votos válidos.

A pesquisa da MKT foi realizada entre os dias 9 à 20 de novembro. Foram entrevistados, pessoalmente, 710 eleitores de Sinop, em 23 diferentes macrorregiões da cidade. A margem de erro da pesquisa é de 3,6% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Nos próximos dias o GC Notícias irá divulgar os demais resultados da pesquisa, que sonda os eleitores sobre a gestão municipal, câmara de vereadores e intenção de voto para as eleições de 2024.

 

Perfil de quem respondeu

A amostra de eleitores entrevistados pelo Instituto MKT acompanha o perfil da população de Sinop identificada pelo Censo do IBGE.

Quanto à formação, 42,11% dos entrevistados tem ensino médio, 20,7% ensino fundamental e 17,46% ensino superior. O restante tem ensino superior incompleto, sem escolarização ou analfabeto.

Quanto à religião, 50% são católicos, 29,3% evangélicos, 17,46% acreditam em Deus, mas não possuem uma religião. Os menos de 3% restantes exercitam outras religiões ou são ateus.

Já com relação à renda, 41,8% ganham entre 1 e 3 salários mínimos por mês. 32,5% recebem de 3 a 5 salários mínimos e 15,2% de 5 a 10 salários mínimos. Os 6,5% recebem mais de 10 salários e 3% menos de 1 salário mínimo.

 

Questão de fé!

Os índices de rejeição ao atual governo são mais evidentes entre os eleitores evangélicos em Sinop. Entre os católicos, que correspondem a metade do eleitorado ouvido, a média de reprovação ao governo se mantém: 51% classifica como ruim ou péssimo.

Já entre os Evangélicos, que representam 30% dos eleitores, a reprovação ao Governo PT sobe para 62% - correspondente a Ruim + Péssimo.

Entre aqueles que declararam crer em Deus, mas não praticar nenhuma religião, a rejeição ao Governo Federal cai para 37%. Já entre os ateus, a reprovação fica em 11%.