Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Avaliação

Juarez é o deputado de Mato Grosso com menos ‘palco’ em 2023

Dos 8 deputados federais do Estado, Juarez é o com menor número de propostas e de discursos

Política | 28 de Dezembro de 2023 as 16h 05min
Fonte: Jamerson Miléski

Alguns políticos costumam comparar a eleição a um vestibular, em que, se passar, terá 4 anos para mostrar seu valor e então serem medidos por uma nova avaliação popular. Seguindo a analogia, o primeiro ano de “faculdade” desse primeiro mandato chegou ao fim e está na hora de olhar as notas.

Os GC Notícias apurou as presenças e ausências dos 8 deputados federais de Mato Grosso nas sessões ordinárias da Câmara dos Deputados, o número de propostas autorais, o número de propostas relatadas e quantos discursos cada parlamentar fez. Quantidade nem sempre representa qualidade, mas ajuda a dar um Norte na avaliação.

O único deputado federal que tem sua base eleitoral em Sinop, Juarez Costa (MDB), foi o parlamentar de Mato Grosso com o menor “tempo de tela”. Das 115 sessões da Câmara Federal no ano, Juarez esteve em 64. Ele tem 2 ausências e 12 ausências justificadas. As outras 27 sessões devem-se ao fato de Juarez ter proporcionado a suplente do MDB, Flavinha, a oportunidade de assumir a cadeira. Como titular, Juarez apresentou 96 propostas de autoria própria e relatou duas propostas. Ele não fez nenhum discurso na tribuna da Câmara Federal.

Juarez tem a segunda pior assiduidade entre os deputados mato-grossenses. O primeiro é Fábio Garcia (UB), que compareceu a 52 sessões, tem 3 ausências e uma ausência justificada. O baixo comparecimento deve-se também a cessão para suplente do partido, nesse caso, Gisela Simona. Garcia, no entanto, apresentou 108 propostas de sua autoria e fez 17 discursos.

No topo das telas, o deputado com maior exposição na Câmara Federal foi Abílio Brunini (PL). ele esteve em 113 sessões e tem apenas uma ausência. Ele tem mais discursos do que presença em sessões: foram 174 no total. Na lista de todos os deputados federais do país, Brunini é o 13º que mais discursou. Esse ranking é liderado pelo deputado Cabo Gilberto Silva (PL-PB), que atua como vice-líder da oposição na Câmara e discursou 425 vezes. Brunini também foi autor de 486 propostas de sua autoria e relatou em 21 propostas.

No quesito assiduidade, outros 2 deputados empatam com Brunini: Coronel Assis (UB) e Amália Barros (PL), ambos com 113 presenças e uma ausência.

Na elaboração de propostas, o número 1 da sala foi Zé Medeiros (PL). foram 540 proposituras de sua autoria e outras 40 relatadas. Ele também é o segundo maior discursador da Câmara Federal, com 104 falas em 105 sessões que participou. Ele tem 10 ausências justificadas.

A deputada Coronel Fernanda (PL), também tem um número expressivo de propostas de sua autoria apresentadas. Foram 451 no total, além de 13 relatadas. Ela discursou 24 vezes, participou de 103 sessões, faltou em 2 e em 9 justificou.

Emanuel Pinheiro Neto (MDB), teve 112 presenças, faltou em 3 sessões, apresentou 188 propostas de sua autoria, não relatou nenhuma e discursou por 21 vezes.

Os dados foram compilados do site da Câmara dos Deputados.