Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 02 de Dezembro de 2021

Política

Detetive nega que governador, 1ª dama e publicitário financiam investigação contra jornalista

Investigador foi ouvido em inquérito da Polícia Civil e não revelou contratante

À Polícia Civil | 22 de Setembro de 2021 as 17h 49min
Fonte: Marco Stamm/MT Notícias

Mayke Toscano/Secom-MT

O detetive particular Ivancury Barbosa negou à polícia que tenha sido contratado pelo governador Mauro Mendes (DEM), pela primeira-dama Virgínia Mendes, pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho ou pelo publicitário Ziad Fares para investigar o jornalista Alexandre Aprá, que acusa o investigador de ser integrante de um plano para difamá-lo e até para matá-lo. Ivancuri disse ainda que foi induzido pelo informante a citar os nomes e que o fez para ganhar a confiança da fonte.

A declaração, obtida em primeira mão pelo MT Notícias, foi dada na quinta-feira passada (16) em depoimento ao delegado Ruy Guilherme Peral da Silva, da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos, que preside um inquérito policial motivado pelo boletim de ocorrência registrado por Mauro Mendes acusando Aprá e os empresários Rodrigo Rodrigues e Marco Polo Freitas Pinheiro (Popó Pinheiro) de calúnia.

Clique aqui para ler a reportagem completa no MT Notícias.