Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 02 de Dezembro de 2021

Política

Dalton entrega cargo de secretário de Obras

Vice-prefeito não fará mais parte do secretariado

Sinop | 17 de Setembro de 2021 as 10h 39min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Divulgação

O vice-prefeito de Sinop, Dalton Martini (Patriota), acaba de entregar o cargo de secretário de Obras. A posição foi tomada na manhã desta sexta-feira (17). Ontem, quinta-feira (16), o prefeito de Sinop, Roberto Dorner, exonerou 4 servidores comissionados que haviam sido indicados por Dalton – dois deles lotados na secretaria de Obras.

Em ligação para o prefeito, Dalton disse que estava colocando o cargo a disposição – algo que na vida pública é encarado como um pedido de desligamento da função. Servidores da secretaria de Obras relataram que na manhã desta sexta-feira, Dalton já havia “limpado sua mesa”, na secretaria de Obras, retirando da repartição pública seus pertences pessoais.

O secretário adjunto de Obras, Valdir Favaretto e o gerente Washington Pereira, exonerados nesta quinta-feira, prepararam a transmissão do cargo na manhã desta sexta-feira. Quem se apresentou para assumir a competência foi o ex-vereador e ex-secretário de obras, Remídio Kuntz e o ex-secretário de Obras, Lúcio Silva.

A posição de Dalton evidencia um “racha” – ou pelo menos um descolamento – com Dorner. Em campanha, ambos somaram seu peso político para enfrentar o ex-prefeito reeleito de Sinop, Juarez Costa. A estratégia da campanha foi colocar os dois pioneiros, homens de negócio bem sucedidos e atuantes na política em patamar de equivalência, como se ambos, juntos, administrariam a cidade. O mote “gestão compartilhada” foi cunhado para transmitir essa ideia ao eleitorado.

Com a entrega do cargo, a “Gestão Compartilhada” não terá Dalton atuando em nenhuma função específica do governo.