Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Sexta Feira 01 de Março de 2024

Menu

Chacina no interior

Trabalhadores são mortos em chacina e jogados em rio no interior

Grupo era formado por oito criminosos armados e encapuzados

Polícia | 16 de Novembro de 2023 as 07h 00min
Fonte: Mídia Jur

Foto: Reprodução

Pelo menos seis trabalhadores podem ter sido mortos em uma possível chacina, na madrugada desta quarta-feira (15), em Campo Novo do Parecis. O corpo de uma das vítimas foi encontrado boiando no rio do Sangue. Uma pessoa suspeita de ter envolvimento com os homicídios foi presa pela Polícia Militar. 

Segunda a Polícia Civil, um sobrevivente do ataque foi encontrado em um depósito de lixo, na MT-235. A vítima relatou que mora em um alojamento com mais seis funcionários e que, por volta das 23 horas desta terça-feira (14), estava dormindo quando foi acordado por oito homens encapuzados em posse de armas de fogo.

Os criminosos fizeram todos os funcionários do alojamento reféns. As vítimas foram torturadas, ameaçadas, amarradas e colocados dentro do porta-malas de dois veículos, um Onix branco e uma caminhonete vermelha.

Todos foram levados para a ponte do Rio do Sangue, onde as vítimas teriam sido mortas e jogadas no rio. A vítima relatou que sobreviveu apenas porque se fingiu de morto e, após a saída dos criminosos, andou cinco quilômetros até chegar ao depósito de lixo e pediu por ajuda.

Os policiais se deslocaram até o rio onde teriam ocorrido os assassinatos. Foram encontrados vestígios de sangue e um corpo submerso na água, que foi retirado para necropsia. A equipe da Polícia Civil foi acionada para as providências cabíveis.

Quando os policiais militares retornavam para a cidade, eles encontraram nas margens da pista uma caminhonete com as características da mencionada pela vítima, com dois suspeitos em seu interior. Ele tentou fugir em uma motocicleta, mas foi abordado pelos policiais e encaminhado à delegacia de Campo Novo do Parecis para prestar esclarecimentos. O outro conseguiu fugir.

As diligências para apurar os fatos ainda estão em andamento e ainda não há mais detalhes a serem passados sobre os suspeitos e as vítimas.