Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 27 de Setembro de 2021

Polícia

Suspeito de roubos a bancos morre em confronto com a PM

Essa ação, para cumprir mandados de prisão do suspeito, é parte de uma operação desencadeada com o objetivo de desmontar um plano de roubos a bancos na modalidade ‘novo cangaço’

Confronto | 11 de Maio de 2021 as 20h 54min
Fonte: Assessoria PMMT

Foto: Assessoria PM

Durante ação na manhã de hoje(11.05) em Campo Verde(131 km de Cuiabá), policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e da 8ª Companhia de Polícia Militares prenderam uma mulher(35 anos), apreenderam droga e celulares e um suspeito com dois mandados de prisão morreu em confronto.  

Armado, ao perceber que seria abordado o suspeito(40 anos) saiu em alta velocidade com seu veículo, um Cívic, por ruas de Campo Verde. Quando estava sendo alcançado pelas equipes da PM, reagiu apontando a arma na direção dos policiais enquanto ainda descia do veículo. Durante a perseguição policial duas viaturas do Bope chegaram a colidir, sem feridos. Com o suspeito os policiais apreenderam uma pistola 9mm.

BOPE/PMMT

Foragido da Justiça, o suspeito responde a processos e inquéritos por tráfico de droga e organização criminosa. As equipes da PM descobriram ainda que ele estava usando identidade falsa.

Essa ocorrência de hoje(11) se deu em continuidade a   operação que o Bope desencadeou no dia seis deste mês na região de Primavera dos Leste(321 km de Cuiabá) e região, desencadeada com o objetivo de desmontar plano de roubos a bancos na modalidade ‘novo cangaço’.

A partir de informações produzidas pelo Serviço de Inteligência sobre a descoberta desse plano, o Comando do Batalhão expediu a ordem de serviço 022/2021 e as equipes deslocaram para Primavera e posteriormente para Campo Verde.

A mulher presa é esposa do suspeito morto no confronto. Na casa onde o casal vivia ocorreram as apreensões de droga e dos celulares.