Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 26 de Setembro de 2021

Polícia

Sorriso: PJC faz reconstituição de homicídio de idosa morta pelo marido de 89 anos

Durante a reconstituição foram feitas cinco simulações com diferentes testemunhas

Tragédia | 18 de Março de 2021 as 07h 20min
Fonte: Portal Sorriso

Portal Sorriso

Na tarde desta quarta-feira (17), a PJC (Polícia Judiciária Civil) de Sorriso realizou, em parceria com a POLITEC (Perícia Oficial e Identificação Técnica), a reconstituição do assassinato de Lucianda de Oliveira, de 75 anos morta facadas por seu marido Severino Zanchin, de 89 anos, que ainda tentou esfaquear a filha que ficou ferida na mão.

Os crimes de feminicídio e tentativa de feminicídio, ocorreram no dia 02 de janeiro de 2021 após uma suposta discussão na família. Severino, que se encontra em prisão domiciliar, teria se apossado de uma faca e agredido a esposa e a filha. Lucianda sofreu um ferimento grave no abdomen e após cirurgia de emergência veio a óbito em um hospital particular de Sorriso. Já a filha de 39 anos foi esfaqueada na mão.

Durante a reconstituição foram feitas cinco simulações com diferentes testemunhas. Após análise pericial confrontando as versões apresentadas, a POLITEC apresentará um laudo que deverá apontar exatamente como o crime ocorreu. “A reconstituição serve para dirimir dúvidas entre as teses defensivas e acusatórias”, disse o delegado Márcio Portela que acompanhou os trabalhos. Segundo ele, “o laudo será encaminhado para o poder judiciário para embasar o processo judicial e eventualmente chegar a um tribunal do júri”.

José Getúlio Daniel, delegado titular da PJC, também acompanhou a reconstituição. Ele reforçou que o trabalho da Polícia Civil é proteger o cidadão, realizando investigações de qualidade para esclarecer os crimes fazendo prevalecer a justiça.

No dia dos crimes

Segundo testemunhas, os crimes teriam ocorrido em uma chácara situada nas proximidades do km 722 da BR-163 em Sorriso.

O genro de Severino, que também estava no local, socorreu a esposa e a sogra. Antes de leva-las até o hospital, ele procurou a delegacia da Polícia Rodoviária Federal e comunicou o ocorrido.

No local indicado, a PRF encontrou Severino sentado na varanda da casa segurando a faca utilizada nos crimes. O idoso, que tentou se matar em seguida, estava bastante ferido e desorientado. Ele foi socorrido pela equipe de resgate da Rota do Oeste e conduzido até o Hospital Regional de Sorriso onde ficou internado por dias em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Após a lata hospitalar, ele cumpre prisão domiciliar.