Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 27 de Setembro de 2021

Polícia

Sinop: 'Sequestradores' de crianças se apresentam em delegacia

Casal estava procurando residência à venda

Mal-entendido | 27 de Maio de 2021 as 10h 24min
Fonte: Redação

Divulgação

O delegado Sérgio Ribeiro Araújo da Delegacia da Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso, de Sinop (DEDMCI), confirmou na tarde da última quarta-feira (26), por meio de nota em sua rede social que os suspeitos de estarem planejando o sequestro de crianças foram ouvidos e confirmado que tal versão sobre a suposta tentativa de sequestro não passou de boatos.

De acordo com o delegado, os “suspeitos” são um casal que na segunda-feira (24), teria ido ver uma residência que estava à venda na Avenida das Sibipirunas, no Parque das Araras, e que tal imóvel fica em frente à casa de onde foi realizada a filmagem.

Como estavam procurando o endereço, as vítimas “alvo dos boatos”, teriam passado várias vezes pelo local dentro de uma SUV SW4 de cor preta. A mulher que realizou a filmagem responsável por causar todo esse alvoroço teria desconfiado da movimentação já que a sua filha estava andando de bicicleta na área de casa.

Mesmo que não tenha sido registrado nenhum Boletim de Ocorrência, a Polícia Civil passou a apurar o caso, e conseguiu chegar na localização tanto da responsável por gravar e espalhar o vídeo, bem como encontrar as reais vítimas desse mal-entendido.

Mesmo com o esclarecimento do ocorrido, o delegado afirma que a população se mantenha atenta e tenham cuidado com os seus filhos, pois além do perigo de sequestros, outros crimes também assolam as crianças e adolescentes.

“Eu peço para que as pessoas tenham cautela com os seus filhos, embora a notícia de sequestro de crianças seja algo muito raro na nossa região, tem outros crimes que são muito mais comuns como o estupro de vulnerável, como o assédio sexual, corrupção de menores para o tráfico de drogas, por isso eu peço para que os pais tenham atenção aos seus filhos”. Destacou.

Em caso de algum morador notar alguma movimentação suspeita, tanto de pessoas como de veículos, ele deverá acionar imediatamente as autoridades policiais. “Se você presenciar na rua de sua casa qualquer veículo rondando a sua residência, é muito fácil, ligue 197 ou 190 e acione a polícia, que de imediato atenderemos essa ocorrência”, finalizou Sérgio.

 

Confira o pronunciamento feito pelo delegado em sua rede social:

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO!

Hoje a Polícia Civil localizou as pessoas que estavam no carro SW4, cujos ocupantes eram suspeitos de estarem buscando raptar ou sequestrar crianças.

Ocorre que, até as 15h00min, deste dia 26.05.2021, não haviam registros de ocorrência referentes a esse fato. Conseguimos localizar o condutor e o passageiro do veículo SW4, que se trata de um casal de Sinop.

O que ocorreu é que este casal, que trabalha e mora em uma fazenda na nossa cidade, busca investir seus rendimentos em imóveis, isto é, casas na nossa cidade, onde compram e alugam a terceiros para auferir renda deste aluguel. Acontece que procuraram algumas imobiliárias, alguns corretores, os quais lhes enviaram endereços de casas a venda. Eles iam até o local avaliavam externamente as residências e, as que gostavam, solicitavam as chaves para avaliar as casas internamente.

Assim, no dia 24.05.2021, na Avenida Sibipirunas, Parque das Araras, foram olhar uma casa que estava a venda. Esta casa fica em frente a casa de onde foi realizada a filmagem. Até eles localizarem a casa passaram pelo local algumas vezes até encontrá-la. Neste momento a criança do vídeo estava brincando, coincidentemente, na área de sua casa, tendo a sua genitora desconfiado dos ocupantes do veículo e sentido medo, por conta de denúncias e reportagens noticiando raptos de crianças ocorridos em outras cidades e, por isso, fez a gravação. 

Identificado os ocupantes do veículo foram checadas essas informações e foi confirmada a indicação, feita pelos corretores, sobre a casa a venda em frente a casa da cinegrafista, e de outras casas, para que este casal avaliasse e pudesse comprar.

Além disto as informações dão conta que se trata de um casal morador de Sinop há mais de vinte anos, onde tiveram dois filhos que residem e estudam aqui. A menina que filmou foi ouvida e relatou que em nenhum momento tal casal se aproximou deles, nem conversou com ela ou com seus familiares e sequer desceram do carro.

Então, na realidade, o fato tratou-se um mal-entendido causado pela histeria coletiva, ocorrida pela divulgação de um vídeo viral. Ademais a própria adolescente informou que mandou o vídeo em um grupo de familiares, tendo deste vazado para as redes sociais, por outra pessoa e não ela.