Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Domingo 03 de Julho de 2022

Menu

Polícia

Sargento leva 25 pontos na cabeça após ser atingido por garrafas de vidro durante 'revolta' de populares

Um policial militar foi ferido na testa e um suspeito no tornozelo; três foram presos

Poxoréu | 27 de Dezembro de 2021 as 08h 50min
Fonte: Olhar Direto

Foto: Montagem Olhar Direito

Dois homens foram presos neste Natal (25) no bairro Vila Irantinopolis, em Poxoréu. Um deles dirigiu embriagado e o outro arremessou uma garrafa de vidro contra um policial. Antes disso, ambos haviam feito um bloqueio em uma rua. 

Imagens registradas no local mostram que pessoas que assistiram a cena também participaram da ação arremessando garrafas contra vários militares. Um agente foi atendido e recebeu 25 pontos na testa para conter um sangramento na testa. 

De acordo com a Polícia Militar, o episódio foi registrado às 5h30 da madrugada. Na ocasião, foi denunciado que carros estavam bloqueando a via. No local, os agentes encontraram dois veículos fazendo o bloqueio. Os policiais solicitaram que os condutores interrompessem a ação, porém, a ordem não foi acatada. 

Um dos homens, identificado como J.J.P., estava embriagado e, por isso, foi preso e conduzido até a viatura. Nesse momento, pessoas que estavam no local passaram a arremessar garrafas de vidro na cabeça dos militares. Uma delas atingiu o sargento Lorivaldo Amorim da Silva, que teve um corte profundo na cabeça. 

Um terceiro suspeito, se aproveitando da situação, entrou em um dos veículos apreendidos e saiu em alta velocidade. Os policiais efetuaram disparos de baixa letalidade para interromper a fuga e a confusão generalizada.

Depois disso, um homem, identificado apenas como C. R. S., arremessou a garrafa contra o sargento, enquanto ele embarcava na viatura. Outro policial tentou realizar a prisão do homem ao assistir a cena. Ele, por sua vez, reagiu, tentando acertar um soco no militar. O agente teve que efetuar um disparo contra o tornozelo do suspeito para que ele fosse imobilizado. 

O homem foi encaminhado para uma unidade de saúde e depois foi preso. A esposa do detido também quase foi atingida pelas garrafas que estavam sendo arremessadas pelas pessoas na rua.

Diante da situação, C.R.S. e J.J.P. foram presos, por, respectivamente, tentativa de agressão e desobediência e embriaguez ao volante. Vale destacar que o sargento foi encaminhado para uma unidade hospitalar de Poxoréu.