Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 26 de Fevereiro de 2024

Menu

Operação emboabas

Receita Federal e Polícia Federal investigam esquema de extração ilegal de ouro

Foi deferida ordem de sequestro de bens no montante total de mais de 1 bilhão de reais

Polícia | 20 de Setembro de 2023 as 10h 41min
Fonte: Receita Federal

Foto: Assessoria

A Receita Federal e a Polícia Federal deflagraram hoje (20/09) a Operação EMBOABAS a fim de desarticular organização criminosa especializada em adquirir ouro proveniente de regiões onde a mineração é proibida e na sequência declarar, mediante fraude, que o metal precioso havia sido extraído de áreas com permissão de lavra garimpeira (PLG) regularmente constituída.

Também foi identificado que o alvo principal realizava a regularização do ouro através de um cidadão austríaco, que se naturalizou brasileiro, e que afirma ter mais de mais R$ 20 bilhões em barras de ouro em um suposto país independente criado pelo próprio investigado.

Ao todo, estão sendo cumpridos 4 mandados de prisão preventiva, 48 mandados de busca e Apreensão nas cidades de Boa Vista/RR, Pacaraima/RR, Normandia/RR, Manaus/AM, Adrianópolis/AM, Anápolis/GO, Campo Lindo de Goiás/GO, Tucumã/PA, Santa Maria das Barreiras/PA, Ourilândia do Norte/PA, Ilha Solteira/SP, Uberlândia/MG e Areia Branca/RN, além de outras medidas cautelares.

Foi deferida, também, ordem de sequestro de bens no montante total de mais de 1 bilhão de reais.

Os investigados poderão responder pelos crimes de usurpação de bens da União, organização criminosa, lavagem de dinheiro, extração ilegal do ouro, contrabando, falsidade ideológica, receptação qualificada e outros tipos penais.