Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Sábado 24 de Fevereiro de 2024

Menu

Descarte

Polícia Militar envia para reciclagem 1,7 toneladas de documentos que perderam a validade

Ação foi realizada nesta terça-feira (16), em Várzea Grande

Polícia | 18 de Janeiro de 2024 as 09h 56min
Fonte: Assessoria

Foto: Assessoria

A Polícia Militar de Mato Grosso, por meio da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos, realizou o descarte, nesta terça-feira (16.01), de mais de 1,7 tonelada de documentos que já perderam a validade. O ato de eliminação foi realizado em uma empresa de reciclagem, em Várzea Grande.

Foram descartados 51,9 metros lineares de papéis, que foram enviados em viaturas da PM, em 370 caixas box. Os documentos correspondem entre os anos de 1998 e 2018, que perderam a validade até o ano de 2021.

Segundo a cabo Isaídes Vieira Santos, que faz parte da Comissão Permanente de Avaliação de Arquivos, a lista de documentos descartados foi publicada no Diário Oficial do Estado, em novembro do ano passado, e corresponde a Instrução Normativa n.º 003/2023 da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplag).

“A instrução nos orienta a fazer o descarte legal desses documentos, uma vez que eles já perderam o ciclo de guarda específico. Dessa forma, todos os documentos são analisados e nossa comissão realiza a catalogação desses papéis, conferimos aqueles que estão fora de validade e fazemos a destruição correta desses arquivos”, explica.

Outros descartes

No ano de 2023 foram realizados os descartes de 826 quilos de documentos, totalizando cerca de 30 metros lineares, que já estavam sem validade e também passaram pelo mesmo processo. 

Uma vez selecionados, a lista de documentos passa pela aprovação da comissão e, posteriormente, para a Superintendência de Arquivo Público de Mato Grosso, que determina a autorização de eliminação.