Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 28 de Setembro de 2021

Polícia

Polícia impede pai que tentava sair de MT com filho de 2 anos sem autorização da mãe

Segundo as informações, o casal conviveu três anos e estava separado há poucos dias

Ação rápida | 09 de Julho de 2021 as 09h 25min
Fonte: Informações G1 MT

A ação de um homem que tentava sair do estado com o filho sem autorização da mãe foi frustrada pela Polícia Civil, na quinta-feira (8) em Mato Grosso.

O suspeito saiu com o filho da cidade de Poconé e foi localizado com a criança na rodoviária de Várzea Grande, pouco antes de embarcar para Goiânia (GO).

As investigações iniciaram na manhã de quinta-feira quando a mãe da criança relatou que o ex-companheiro havia saído da cidade com o filho de apenas dois anos.

Segundo as informações, o casal conviveu três anos e estava separado há poucos dias, tendo a mulher deixado a residência em que viviam e ido com o filho para a casa da mãe.

Na quarta-feira (7), o suspeito procurou a ex-companheira e disse que pegaria o filho para “dar uma volta”. Após pegar a criança, o suspeito passou em casa buscou as roupas dele e do filho e entrou em um táxi com destino à Cuiabá/Várzea Grande.

Após perceber que o ex-companheiro havia desaparecido com a criança, a mãe procurou a Polícia Militar. Os policiais abordaram o taxista que disse que deixou o pai e a criança em um hotel próximo a rodoviária em Várzea Grande.

O suspeito chegou a ser detido e conduzido à Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde apresentou a documentação da criança e não havendo definição legal da guarda, foi ouvido e liberado.

Somente na manhã de quinta-feira, a mãe da criança compareceu a Delegacia de Poconé, para registrar o boletim de ocorrência e passando as informações de que o ex-companheiro estava com passagens compradas para embarcar com o filho com destino à Goiânia.

Diante dos fatos, entendendo por uma possível subtração de incapaz e também pela periculosidade à vida da menino, uma vez que ainda é lactente e foi colocado longe da mãe, o delegado Maurício Pereira Maciel solicitou pelas medidas protetivas e em seguida entrou em contato com a Delegacia da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, na tentativa de localizar o suspeito e a criança.

A equipe imediatamente iniciou as diligências conseguindo localizar o suspeito com o filho na rodoviária de Várzea Grande, aguardando o embarque.

Ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos dos fatos e sendo a situação acompanhada pela equipe do Conselho Tutelar de Poconé.

Evidenciada a situação de risco para a criança, o menino foi entregue ao Conselho Tutelar que o levou de volta para Poconé.

Segundo o delegado, Maurício Maciel, apesar de o pai ter saído da cidade com o filho sem autorização da mãe, não coube situação de flagrante contra o suspeito, uma vez que o casal ainda resolveu as questões legais relacionadas à guarda da criança.