Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Sexta Feira 01 de Março de 2024

Menu

Apreensão de drogas

Polícia Civil prende mulheres que transportavam pasta base em táxi na MT-208

Droga avaliada em aproximadamente R$ 30 mil seria comercializada em Nova Bandeirantes

Polícia | 25 de Setembro de 2023 as 14h 10min
Fonte: Assessoria

Foto: Assessoria

Duas mulheres, que transportavam um tablete de pasta base de cocaína, avaliado em mais de R$ 30 mil, foram presas em flagrante, na sexta-feira (22), pelos policiais da equipe de Repressão a Entorpecentes da Delegacia de Alta Floresta, em colaboração com o Núcleo de Inteligência, em operação de combate ao tráfico de drogas na região.

As suspeitas que já possuíam passagens anteriores por tráfico de drogas foram novamente autuadas em flagrante pelo crime. A droga, que seria comercializada na cidade de Nova Bandeirantes, era transportada pelas duas mulheres em um táxi, na Rodovia MT-208, que conecta a cidade à Alta Floresta.

Após os policiais receberem informações sobre o transporte do entorpecente, foi realizada a abordagem do veículo, sendo o tablete de pasta base de cocaína foi descoberto no assoalho, próximo a uma mochila aberta que pertencia a uma das suspeitas.

As investigações revelaram que as duas suspeitas estavam viajando com a intenção de distribuir a droga na cidade de Nova Bandeirantes, sendo que as traficantes já haviam sido presas anteriormente por tráfico de drogas no município.

Diante desses fatos, as suspeitas foram conduzidas à Delegacia de Alta Floresta, onde após serem interrogadas, foi lavrado o flagrante. O delegado André Victor de Oliveira Leite, responsável pela operação, representou pela prisão preventiva, medida que foi deferida pelo juízo. As mulheres foram posteriormente encaminhadas à Cadeia Feminina.

O tablete, contendo aproximadamente 1 quilo de pasta base de cocaína, possui um prejuízo estimado de R$ 30 mil aos criminosos. A pasta base é frequentemente utilizada para o tráfico de drogas devido ao seu peso e volume reduzidos em comparação com a cocaína pura, o que a torna mais propícia para o transporte e ocultação.

As investigações estão em curso para determinar a origem da droga apreendida e identificar outros possíveis envolvidos.