Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 27 de Setembro de 2021

Polícia

Polícia Civil apreende 134 tabletes de maconha e prende três suspeitos

A droga estava armazenada em uma casa no Residencial Altamirando, guardada em um quarto dos filhos da dona da casa

Tráfico de drogas | 04 de Junho de 2021 as 16h 12min
Fonte: Assessoria PJC-MT

Assessoria

Três pessoas foram presas pela Polícia Civil em Rondonópolis, nesta quarta-feira (02.06) com 134 tabletes de maconha. A apreensão do entorpecente foi realizada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) durante a segunda fase da Operação Tolerância Zero, de combate ao narcotráfico no município.

Os investigadores da unidade especializada chegaram ao carregamento de drogas, localizado em uma casa no Residencial Altamirando, depois de apurar a informação de que um dos suspeitos que foi preso era o responsável por armazenar o entorpecente a mando de outra pessoa, também identificada pela equipe da delegacia.

Durante a investigação, os policiais observaram a constante movimentação na casa e dois suspeitos entravam e saíam do local sempre em alta velocidade.

Nesta quarta-feira, ao entrar na residência, os policiais encontraram um adolescente e uma criança no local, que relataram estarem sozinhos, pois a mãe estava trabalhando.

Ao entrar na casa, os investigadores sentiram um forte cheiro do entorpecente, que exalava por todos os cômodos. No quarto das crianças foram localizados os tabletes de maconha que estavam ao lado da cama e do guarda roupa.

Os policiais receberam a informação de que a droga estava na casa há duas semanas. A dona da casa também foi localizada e detida.

Depois de apreender a droga, a equipe da DERF localizou os dois suspeitos que faziam as retiradas do entorpecente da casa. Com eles foram apreendidos um drone mais porções de droga.

Os três foram autuados em flagrante por associação para o tráfico e tráfico de drogas, majorado por envolver menor de idade.

A investigação prossegue para identificar os demais responsáveis pelo entorpecente.