Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 04 de Julho de 2022

Menu

Polícia

PM recupera carro roubado e apreende 200 frascos de novo tipo de lança-perfume

Um pé de maconha também foi apreendido em uma residência do Nova Aliança

Flagrante | 11 de Dezembro de 2021 as 19h 10min
Fonte: Portal Sorriso

Portal Sorriso

A Polícia Militar de Sorriso recuperou, nesta tarde, um carro Chevrolet Cruze que foi roubado no bairro Jardim Aurora, no último dia 8. Um suspeito foi detido, além de duas jovens (uma maior e uma adolescente) que foram flagradas com um pé de maconha, seis frascos de lança-perfume (adesivados com a imagem do MC Poze) e mais 200 de uma droga não tão conhecida, chamada "Black Lança". 

Nesta tarde, o homem, de 38 anos, que teve uma arma apontada para a cabeça e uma faca para o pescoço e foi trancado no banheiro de casa, avistou, na zona Leste, que o seu veículo roubado estava sendo conduzido por dois homens. Ele foi assaltado na quarta-feira, ao chegar em casa na rua Jacarandá, no bairro Jardim Aurora.

A Polícia Militar foi acionada e, nesta tarde, visualizou os suspeitos com o carro da vítima no bairro Nova Aliança. Conforme o sargento PM Almeida, a dupla abandonou o veículo, e um fugiu. O homem preso, conhecido como Rato, e que já tem passagens por roubo e furto, delatou onde estaria o comparsa. Porém, ele negou que tenha participado do assalto e que um "amigo" emprestou o veículo para ele passear. 

Ao chegar na casa indicada, os militares encontraram não encontraram o outro suspeito. Mas, estavam uma adolescente e uma mulher, que tentaram fugir da abordagem. Na residência havia um pé de maconha, uma balança de precisão, R$ 322 em dinheiro trocado, e frascos de entorpecentes. 

Com uma mistura de produtos químicos, o 'Black Lança' é considerado um 'loló' mais forte e, consequentemente, mais tóxico, cujo frasco é vendido por R$ 50 reais, segundo a adolescente que alegou ser a dona dos entorpecentes, e que pretendia faturar mais de R$ 10 mil.

"Ela falou que é uma droga nova que está chegando na cidade, e os frascos são vendidos no bairro novo, onde as pessoas se aglomeram para ingerir bebida alcoólica e ouvir som automotivo".