Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Quarta Feira 29 de Junho de 2022

Menu

Polícia

PM prende três pessoas com drogas em rodoviária

A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil

Flagrante | 27 de Março de 2022 as 12h 14min
Fonte: Assessoria

Foto: Assessoria

Policiais do 2º Comando Regional de Várzea Grande conduziram três pessoas à Delegacia por tráfico de entorpecentes após a Polícia Militar apreender cinco tabletes de pasta base de cocaína no banheiro de ônibus na Rodoviária de Cuiabá. A ação foi registrada na noite de sexta-feira (25.03) e duas mulheres e um homem foram detidos. 

Por volta das 20h30, a Polícia Militar foi acionada via 190 para verificar uma denúncia de que de uma mulher em um ônibus intermunicipal estaria escondendo droga na lixeira do banheiro do veículo que havia saído do município de Pontes e Lacerda, passaria em Várzea Grande com destino final na Rodoviária de Cuiabá. 

De imediato, a equipe da PM chegou a ir na rodoviária de VG, mas foi comunicada de que o ônibus já havia se deslocado para a Capital. Os policiais militares abordaram o referido ônibus e identificaram duas das suspeitas muito nervosas com o procedimento no veículo, uma das mulheres apresentou a uma funcional de investigadora da Polícia Judiciária Civil, sem a equipe da PM se dirigir a ela. 

Logo em seguida, os policiais localizaram a droga (pasta base de cocaína) no banheiro do veículo; droga avaliada em cerca de R$ 125 mil. Durante o procedimento de abordagem as bagagens dos passageiros, um deles do sexo masculino e outra bagagem de uma passageira. Na bolsa do homem, os policiais localizaram um cartão de crédito em nome de terceiros e constou algumas passagens por tráfico ilícito de entorpecentes. O passageiro falou que o cartão era de um amigo.  

De acordo com o boletim de ocorrência, as duas mulheres que inicialmente ficaram nervosas com procedimento no ônibus apresentavam semelhanças físicas e as vestimentas descritas pelo denunciante via 190. Os suspeitos foram conduzidos à Central de Flagrantes e o caso entregue para a Polícia Judiciária Civil.