Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 12 de Agosto de 2022

Menu

Polícia

PM prende quadrilha suspeita de entregar drogas por meio de drone em penitenciária

Quatros suspeitos participariam da ação no presídio da Mata Grande a mando de uma organização criminosa

Flagrante | 24 de Dezembro de 2021 as 10h 59min
Fonte: Assessoria

Foto: Assessoria

Três homens (24, 28 e 34 anos) e um menor de idade (17 anos) foram presos pelo 5º Batalhão de Polícia Militar, na madrugada desta sexta-feira (24.12), por tráfico ilícito de drogas e promover ou constituir organização criminosa no município de Rondonópolis. Na ação policial, a PM apreendeu um drone, que seria utilizado para entregar drogas na Penitenciária da Mata Grande.

Por volta das 00h30, uma guarnição do 5º BPM patrulhava a rodovia MT-270, quando passou pela equipe um veículo Gol (com quatro ocupantes) em alta velocidade sentido ao Parque de Exposições. De imediato foi iniciado o acompanhamento do automóvel.

Antes de serem abordados na entrada do bairro Alfredo de Castro Araújo, durante a fuga os indivíduos dispensaram uma mochila grande. Na abordagem ao veículo e seus ocupantes, um dos suspeitos informou que dentro da mochila tinha um drone e celulares, que seriam utilizados para introduzir drogas no presídio da Mata Grande em nome de uma organização criminosa. Segundo informações do boletim de ocorrência, o mesmo homem alegou que os demais suspeitos seriam comparsas e participariam da ação criminosa, versão confirmada pelos indivíduos.

A bolsa foi localizada em uma região de mata, e em seu interior a PM encontrou um drone com quatro hélices, seis baterias de drone, dois controles, seis chips de celulares, uma faca, uma porção de maconha e diversos materiais utilizados para embalar o entorpecente.

Os policiais militares deram voz de prisão aos indivíduos, que foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil junto com o material apreendido.