Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 04 de Julho de 2022

Menu

Polícia

PM prende andarilho acusado de estuprar garota em praça

Outro criminoso também já foi identificado, mas ainda não foi preso

Estupro | 10 de Fevereiro de 2022 as 10h 18min
Fonte: Folha max

Foto: Reprodução

A Polícia Militar prendeu na tarde desta quarta-feira (9), o suspeito Elton Lopes Silva, acusado de estuprar uma adolescente de 14 anos, na tarde de terça-feira (8), nas proximidades do Centro de Atendimento ao Turista, na Praça Rachid Jaudy, região central de Cuiabá. Na ocasião, a vítima foi atacada por dois homens.

O segundo suspeito já foi identificado, sendo que ambos são moradores de rua. De acordo com informações confirmadas junto à Polícia Militar, a vítima reconheceu Elton como um dos estupradores.

De acordo com o registro de ocorrência, por volta das 15 horas, a vítima saía de um curso na Avenida Getúlio Vargas, a caminho do ponto de ônibus, localizado na Avenida Isaac Póvoas com destino à Estação Bispo.

Quando ela chegou à Praça Rachid Jaudy, foi abordada por dois homens. Ela foi segurada pelos braços e ameaçada com um objeto pontiagudo. Os suspeitos disseram que ela não podia gritar e nem virar o rosto. A menor foi levada para dentro da estrutura abandonada do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e estuprada.

Na sequência, os suspeitos fugiram. A menor ficou completamente abalada e foi socorrida por uma mulher que flagrou a vítima tentando se jogar na frente de um carro em movimento. A mulher acionou a Polícia Militar.

Testemunhas informaram que os suspeitos já fizeram outras vítimas pela região. Os militares conseguiram localizar um dos agressores, que foi reconhecido pela menor. O segundo acusado já foi identificado, mas ainda não foi encontrado. O fato de ser morador de rua, dificulta a localização do suspeito. O caso é investigado pela Polícia Civil.