Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Terça Feira 16 de Abril de 2024

Menu

Rápida ação

PM frustra sequestro de jovem de 19 anos

Caso ocorreu em Nova Mutum

Polícia | 29 de Janeiro de 2024 as 07h 11min
Fonte: Power Mix

Foto: Power Mix

A Polícia Militar impediu que um jovem de 19 anos, fosse executado por uma facção criminosa na noite deste domingo (28), por volta das 19h50. A vítima havia sido sequestrada por três homens armados em um veículo (modelo não identificado), na Rua dos Alecrins, bairro Jardim II em Nova Mutum.

A guarnição estava em atendimento a uma denúncia de som alto no bairro Jardim II, quando um veículo entrou na mesma rua que se encontrava a guarnição, parou bruscamente e engatou marcha ré vindo a sair rapidamente do local em atitude suspeita.

Foi iniciado acompanhamento e de longe os militares visualizaram que um jovem teria descido do veículo enquanto os outros seguiam na fuga sentido bairro Montserrat, os militares abordaram o jovem que relatou aos policiais que havia sido sequestrado por três homens, que estavam no veículo.

A equipe continuou o acompanhamento, porém devido a distância entre a viatura e os suspeitos, eles acabaram entrando em estradas vicinais vindo a desaparecer. Foi feito diligências na região, porém por se tratar de um local de difícil acesso e com várias estradas de terra com acessos a região de chácaras, não foi possível localizar o veículo.

A vítima relatou que havia sido sequestrada por membros de uma facção criminosa denominada Comando Vermelho, disse que foi raptado na Rua dos Alecrins por três homens, que dois deles estavam armados e um direcionou uma arma de fogo para ele e ordenou que entrasse no carro. Durante o momento em que estava com os sequestradores, eles diziam que iriam matá-lo, pois, segundo eles a vítima seria de outra facção criminosa.

Até o momento o veículo e os criminosos não foram localizados.

A Polícia Civil passa a investigar o caso.