Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 04 de Dezembro de 2023

Menu

Confessou

Padrasto confessa ter matado garoto em Colíder e jogado em rio

O homem foi preso na manhã de hoje como suspeito após a família relatar o desaparecimento da criança

Polícia | 05 de Março de 2023 as 17h 53min
Fonte: Ângela Fogaça- Nortão Online

Foto: Reprodução

Uma tragédia deixou os moradores de Colíder chocados neste sábado, pelo requinte de crueldade. 

O pequeno Davi Heitor Prates foi dado como morto por seu ex padrasto. O homem foi preso na manhã de ontem como suspeito após a família relatar o desaparecimento da criança.

O homem teria confessado que pegou a criança e a levou de moto, até um rio, próximo da comunidade Zé Reis. Lá teria amarrado o menino em uma pedra e jogado no rio.

O Corpo de Bombeiros confirmou ao Nortão Online que três mergulhadores foram até o local, na comunidade Zé Reis e realizaram buscas durante toda a tarde.

O desaparecimento

Davi Heitor Prates, morava com a mãe e um irmão menor no bairro Nossa Senhora da Guia. 

Segundo informações da mãe do menino, ele estava brincando com um irmão mais novo em frente à sua casa, que fica localizada próximo ao hospital regional, enquanto ela lavava louça.

Após algum tempo o mais novo entrou para tomar água e quando voltou para brincar, o mais velho tinha desaparecido.

A mãe saiu procurando na vizinhança, mas o menino não foi localizado. No início deste sábado, a polícia civil iniciou as investigações com auxílio de câmeras de seguranças próximas.