Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Agressão

Mulher parte para cima de acusado de matar o filho dela e acaba presa

Imagens da confusão foram registradas pelo advogado do réu.

Polícia | 04 de Outubro de 2023 as 06h 04min
Fonte: Repórter MT

Foto: Reprodução

Uma mulher identificada apenas pela inicial S., foi presa por ordem do juiz Wladymir Perri, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá, após perder o controle e tentar agredir um homem acusado de matar o filho dela, assim como o advogado do réu. Ela ainda teria chegado a bater boca com o magistrado, que conduzia a audiência.

Conforme o advogado Railton Amorim, a mulher ficou agressiva e começou a proferir palavrões. O juiz chegou a pedir por ordem, mas foi ignorado.

Segundo o advogado, a promotora chegou a perguntar se a mulher tinha algum problema em falar diante do réu e ela teria dito que não, mas perdeu o controle. “Ela falou que não precisava estar ali, porque já tinha sido injustiçada. Que aquilo não ia resolver em nada”, contou Railton Amorim.

Nesse momento o juiz decidiu encerrar a audiência, quando a mulher ainda tentou discutir com o magistrado. Diante de uma situação de perda de controle no tribunal, o magistrado acionou a Polícia Militar, que prendeu a mulher por ofensa, ameaça, resistência e crime contra a honra.

Em nota, a seccional mato-grossense da Associação Nacional da Advocacia Criminal manifestou “irrestrito apoio” ao advogado por ter sido “desrespeitado em sua atuação e prerrogativas profissionais”.

“O reconhecimento de que todos os cidadãos acusados (independentemente dos fatos que se lhe atribuem) são merecedores de defesa eficiente, ampla e combativa, além de decorrer do ordenamento jurídico, é um imperativo de justiça”, conclui o texto.