Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 12 de Agosto de 2022

Menu

Polícia

Mãe que matou e esquartejou bebê de 4 meses fará exame de insanidade mental

Criança foi sufocada até a morte e teve parte do corpo enterrado

Exame | 22 de Fevereiro de 2022 as 15h 56min
Fonte: Portal Sorriso

Foto: Reprodução

A mãe que matou, esquartejou e enterrou partes do corpo do filho em maio de 2021, em Sorriso, passará por um exame de insanidade mental. Ramira Gomes da Silva, de 23 anos, está presa pela morte do filho Brayan da Silva Otani, de 4 meses.

A decisão, divulgada nessa segunda-feira (21), é da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que atendeu a um pedido da defesa de Ramira. Os advogados alegam que a jovem sofre de graves transtornos mentais e distúrbios psiquiátricos.

Quando era criança, Ramira testemunhou a mãe ser assassinada pelo seu pai. A defesa alegou, no pedido, que a jovem teve uma infância conturbada e depressão pós-parto.

A avaliação poderá mostrar a condição mental de Ramira e apontará se ela capaz de entender o que estava acontecendo quando cometeu o crime. Isso será decisivo para a Justiça tomar uma decisão em relação ao processo.