Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 23 de Abril de 2024

Menu

Justiça

Justiça determina absolvição de acusado de matar trabalhadores maranhenses em Sinop

Crime teria ocorrido após vítimas supostamente serem integrantes do PCC

Polícia | 27 de Novembro de 2023 as 21h 07min
Fonte: Franciele Vieira

Foto: Reprodução

O acusado Ailton César Ribeiro Caldeira, denunciado por ter participado da chacina contra quatro trabalhadores maranhenses, em dezembro de 2021, foi absolvido pelo Tribunal do Juri de Sinop.

Na decisão consta que não houve indícios comprobatórios que o acusado seja integrante de uma organização criminosa, e avaliando os depoimentos de testemunhas foi decidido por absolver Ailton da acusação do crime de organização criminosa.

Ainda nos documentos consta que não existem mais motivos para manter a prisão cautelar decidindo assim que seja expedida de forma imediata o alvará de soltura do acusado.

Já as munições e o facão que foram apreendidos durante a ação policial deverão ser destruídos pois não são mais importantes para os autos.

Vale destacar que no final do mês de julho, a segunda acusada de participar do homicídio das quatro vítimas, também foi absolvida das acusações, pois para o relator do recurso, o desembargador Gilberto Giraldelli, os elementos da denúncia do MP são "extremamente precários e anêmicos" em relação a Julia por falta de indícios de autoria dos crimes de homicídio.

O crime

O assassinato de Laurielson França Souza, de 30 anos, Rubenilson de Jesus Silva, de 38 anos, Emerson Ribeiro Pereira, de 22 anos, e Bruno Garcia Sousa, de 23 anos, foi registrado no dia 16 de dezembro de 2021, em uma residência localizado no bairro Adriano Leitão, em Sinop.

Na ocasião, as vítimas que supostamente eram integrantes de uma facção criminosa rival, foram mortas à tiros.