Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quarta Feira 29 de Junho de 2022

Menu

Polícia

Juiz decreta prisão preventiva de homem que espancou esposa com socos e chutes em Sorriso

Mulher foi violentamente agredida porque não queria acompanhar marido embriagado em viagem a Sinop

Violência doméstica | 09 de Novembro de 2021 as 09h 43min
Fonte: Portal Sorriso

Foto: Portal Sorriso/Arquivo

Homem, identificado pelas iniciais G.L.P.B teve a prisão em flagrante convertida em preventiva decretada pela Justiça após espancar a esposa com socos e chutes no rosto em Sorriso. A decisão é do juiz Anderson Candiotto. 

A vítima, foi violentamente agredida em Sorriso por não querer, na companhia dos filhos, ir com o marido embriagado até Sinop, onde o casal reside. 

Ao se recusar entrar no carro com os dois filhos menores, o suspeito, segundo consta nos autos da decisão judicial, agrediu a esposa fisicamente com tapas e socos em seu rosto. 

O casal veio a Sorriso para participar de uma confraternização da empresa onde o suspeito trabalha. No momento de ir embora, segundo a vítima, o marido estava muito embriagado e, por isso, ela não queria levar seus filhos com o suspeito dirigindo. 

Devido à recusa, o homem desferiu um soco na boca da esposa e a empurrou à força para dentro do veículo. Na avenida Idemar Riedi, nas proximidades do viaduto, a mulher ligou para um amigo do marido para pedir ajuda. Irritado e sob alegação de ciúmes, o homem voltou a agredir a mulher e a obrigou novamente a entrar no carro. 

Após provocar um acidente de trânsito, o homem discutiu com o outro motorista e bateu novamente na esposa. "Depois de perder o controle da direção, o condutor agrediu esposa com chutes e socos na cabeça. Ela ligou para a polícia, mas não conseguia dizer o endereço por residir em Sinop. Tinham crianças pequenas pedindo para o pai parar com a agressão", relatou o subtenente da Polícia Militar de Sorriso Isaías Moura.  

A sargento PM Joely foi quem recebeu a ligação da vítima, que chorava desesperadamente pedindo socorro, assim como os filhos menores. Logo após, uma equipe da concessionária Rota do Oeste, que flagrou o caso de violência, acionou a Polícia Militar e informou o endereço da ocorrência. "A guarnição foi ao local e prendeu esse monstro, que estava em visível estado de embriaguez", relatou Moura. 

A mulher foi socorrida e encaminhada pelo Corpo de Bombeiros à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sorriso.  

O suspeito dos crimes de lesão corporal, ameaça, resistência, desobediência e violência doméstica contra a mulher foi detido no dia do crime pelos militares e levado à delegacia. 

Além de ter a prisão preventiva decretada, o suspeito teve a suspensão da habilitação para dirigir veículo automotor pelo prazo de quatro meses.  

A reportagem tenta encontrar o advogado de defesa do suspeito.