Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 12 de Agosto de 2022

Menu

Polícia

Idosa troca fotos, se apaixona por ‘delegado’ e perde R$ 85 mil em golpe

Depois de muita conversa e muitas fotos picantes trocadas, a mulher tinha total confiança no “namorado”.

Golpe | 19 de Fevereiro de 2022 as 15h 48min
Fonte: Repórter MT

Foto: Reprodução

Uma idosa de 67 anos, moradora de Ipiranga do Norte (a 438 km de Cuiabá), foi vítima de um golpista na internet, por quem se apaixonou. Ela perdeu R$ 85 mil ao transferir o dinheiro para o homem, que se passava por delegado aposentado.

A mulher conheceu o golpista no Facebook, em janeiro de 2022. Ele a convenceu que era um delegado aposentado do Rio Grande do Sul, inclusive enviou fotos verdadeiras do policial de quem usou a identidade.

Depois de muita conversa e muitas fotos picantes trocadas, a mulher tinha total confiança no “namorado”. No entanto, tudo não passava de uma maneira de fazê-la se apaixonar para que o golpe fosse aplicado.

O homem disse que suas contas bancárias haviam sido bloqueadas, pois estava em processo de divórcio, e pediu dinheiro emprestado à idosa.

O golpista sabia que ela tinha acabado de vender uma casa em Sorriso (a 420 km de Cuiabá) e se mudado para Ipiranga, para morar perto da filha e de dois netos. Usando o dinheiro da venda, fez duas transferências ao homem: uma de R$ 50 mil, no dia 14 de fevereiro deste ano, e outra de R$ 35 mil, no dia 15.

A mulher só desconfiou que se tratava de um golpe quando o falso delegado pediu que ela transferisse para o nome dele um veículo Toyota Corolla 2013, que fazia parte do acordo de venda da casa.

A todo momento, ele dizia que iria pagá-la quando chegasse a Ipiranga do Norte para morar com ela.

De acordo com o boletim de ocorrência, enquanto a mulher estava na delegacia fazendo a denúncia, o golpista ligou e a chamada foi acompanhada pelos policiais. Em nenhum momento ele negou que seria delegado ou que iria para Ipiranga do Norte, pelo contrário, manteve a história.

A vítima informou ainda que, pelo fato de morar com a filha recém-separada e dois netos pequenos, tem medo de possíveis ameaças do suspeito.

A Polícia Civil já tem as informações das contas bancárias em que o dinheiro foi depositado e investiga o caso.