Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Domingo 03 de Março de 2024

Menu

Lucas do Rio Verde

Homem envolvido na morte de adolescente decapitada é preso

A Polícia Civil já prendeu três suspeitos de terem matado Yasmin Estefânia Alves Ribeiro

Polícia | 11 de Setembro de 2023 as 10h 08min
Fonte: Redação

Foto: Divulgação

A jovem Yasmin Estefânia Alves Ribeiro, de 15 anos, foi encontrada morta com as mão amarradas para trás e decapitada. Ela estava desaparecida desde o dia 5 deste mês, quando foi sequestrada dentro de casa, em Lucas do Rio Verde, por dois suspeitos em uma motocicleta.

No sábado, a Polícia Civil, neste sábado (9), prendeu mais um suspeito de estar envolvido com o crime. Outros 2 suspeitos de participarem do crime já foram presos. A equipe recebeu informações de que o terceiro envolvido no crime estaria se escondendo em um barraco. O suspeito, de 25 anos, foi preso em flagrante em local de invasão de terras conhecido como ‘favelinha’, próximo ao Bairro Jardim Primavera, no município. Segundo a polícia, no momento em que foi abordado, ele tentou fugir, mesmo algemado.

O delegado responsável pelas investigações João Antônio Ribeiro Torres, disse que até o momento foram identificadas 6 pessoas envolvidas no crime. Segundo o delegado, os suspeitos que sequestraram a jovem dentro de casa já foram presos.

"Um dia após o sequestro, foram encontrados dois suspeitos que teriam iniciado o crime. Em uma motocicleta, eles foram até a casa dela e a levaram para a 'favelinha'. Depois, ela foi levada para outro local, no Bairro Tessele Junior, em um veículo com mais 3 indivíduos", disse.

O delegado disse que o suspeito preso neste sábado (9) indicou o local onde o corpo da adolescente estava. "Conseguimos encontrar o terceiro envolvido que confirmou a participação e levou a polícia onde o corpo poderia estar. Os bombeiros também estiveram no local para iniciar as buscas com cães farejadores e conseguimos encontrar o corpo enterrado", disse.

De acordo com a polícia, ele também confessou os crimes e relatou que junto com os comparsas, levaram a vítima até o bairro. De lá, eles seguiram com a adolescente até a margem da mata e a entregaram a outros dois criminosos que tinham a missão de executar Yasmin.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec-MT) apontou que a vítima foi alvejada com, no mínimo, seis disparos, sendo três na cabeça, e ainda foi decapitada. O corpo de Yasmin estava enterrado em uma cova, em uma área de mata no bairro.

Os criminosos foram autuado por ocultação de cadáver, sequestro e homicídio qualificado. As investigações prosseguem para chegar aos outros envolvidos.

 

Entenda o caso

Yasmin desapareceu na terça-feira (5), após ser sequestrada dentro de casa por dois suspeitos. Desde a data do sequestro, a polícia iniciou as diligências e prendeu dois envolvidos, que confessaram a participação no crime.

O corpo da jovem foi encontrado enterrado amordaçado com as mãos amarradas para trás e decapitado na tarde deste sábado (9). As equipes encontraram o corpo com a ajuda de um cão farejador por volta das 15h.