Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 02 de Julho de 2022

Menu

Polícia

Homem é preso transportando 200 aves silvestres em bagageiro de ônibus

Algumas aves estavam mortas devido ao pequeno espaço, calor e falta de água

Crime ambiental | 21 de Janeiro de 2022 as 18h 58min
Fonte: Assessoria

Foto: Assessoria

Um homem que transportava aproximadamente 200 pássaros de forma irregular, dentro de um ônibus interestadual, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (21.01), durante checagem de denúncia realizada pela equipe da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema). A abordagem do suspeito, de 58 anos, foi realizada na Rodoviária de Cuiabá.

As diligências que resultaram na prisão do suspeito iniciaram após denúncia que relatava que uma pessoa que vinha do estado do Pará com destino a Barra do Garças estava transportando as aves silvestres de forma irregular, no bagageiro do ônibus interestadual.

Diante da denúncia, os policiais da Dema foram até a rodoviária da Capital, onde fizeram a abordagem do ônibus, constatando a veracidade da denúncia. Os pássaros eram transportadas em grupos dentro de gaiolas, sendo que algumas aves já estavam mortas devido ao pequeno espaço, calor (uma vez que estavam fechados em sacolas plásticas) e falta de água.

Com informações do passageiro responsável pelos pássaros, os policiais fizeram a abordagem do suspeito, que confirmou que as aves eram suas. Questionado sobre os documentos referente às aves, ele respondeu que não possuía e confessou que estava transportando aproximadamente 200 pássaros, canário da terra.

Diante da situação, os policiais fizeram o resgate das aves e o suspeito foi conduzido à Dema, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental. “O transporte e o comércio ilegal de pássaros, além do sofrimento e a morte da ave, causa um desequilíbrio na natureza”, disse a delegada titular da Dema, Liliane Murata.