Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Tensão

Garoto pediu ajuda em jogo online durante assalto e PM libertou reféns em MT

Com isso, um amigo dele acionou a PM, permitindo o cerco na residência

Polícia | 12 de Dezembro de 2023 as 20h 03min
Fonte: FolhaMax

Foto: Divulgação

A atitute de um menino de 11 anos, de pedir ajuda para um amigo com quem ele jogava online na plataforma Free Fire, foi decisiva para a Polícia Militar agir rápido e prender três bandidos que invadiram a residência da família, na Rua Goiás, no bairro Jardim da Mata II, em Rondonópolis, na noite desta segunda-feira (11).

Após o pedido de ajuda o amigo acionou a PM, resultando no flagrante aos assaltantes, que ainda estavam dentro da casa aterrorizando as vítimas, que forma mentidas reféns sob ameaças feitas pelos bandidos.

Os policiais foram acionados por volta das 22 horas pelo colega do menino, que também ficou na condição de vítima dos assaltantes juntamente com os pais. No total, tinham cinco pessoas na casa sendo mantidas reféns e todas foram liberadas pelos militares que cercaram a residência impedindo que os criminosos fugissem, pois chegaram a tentar pular o muro.

Durante o assalto, um dos bandidos usava uma arma de fogo para ameaçar os moradores enquanto os comparsas recolhiam os objetos e pertences que seriam levados. Eles, inclusive, tentaram fazer uma transferência bancária via Pix no valor de R$ 450 e levar o veículo de uma das vítimas, mas sem sucesso. 

Ao final da ação, foram presos dois bandidos maiores de idade e apreendido um adolescente de 17 anos. Antes de serem levados à delegacia, os criminosos foram encaminhados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) para receberem atendimento médico, pois de acordo com a versão da Polícia Militar, os assaltantes bateram a cabeça no chão ao tentarem pular o muro da casa para fugir. 

Posteriormente, a quadrilha foi encaminhada à delegacia.