Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 20 de Setembro de 2021

Polícia

Farmacêutica baleada por jornalista apresenta melhora e sai da intubação

Ela foi operada no tórax, no ombro e na boca

Caso Muvuca | 30 de Junho de 2021 as 09h 52min
Fonte: Informações G1 MT

A farmacêutica Nadia Vilela, de 33 anos, apresentou melhora no quadro de saúde depois de passar por três cirurgias ao ter sido baleada pelo ex-namorado dela, o jornalista e empresário José Marcondes, o Muvuca, de 46 anos, em Tangará da Serra (MT).

O crime ocorreu na segunda-feira (28). O jornalista deu um tiro na cabeça logo após o crime. Muvuca foi internado e morreu na noite do mesmo dia depois de uma cirurgia.

O Hospital Santa Ângela, onde Nadia está internada relatou que o estado de saúde dela é considerado estável, mas apresentou melhora entre terça-feira (29) e esta quarta-feira (30).

Ela tinha sido intubada para os procedimentos cirúrgicos e saiu da intubação nesta quarta-feira, mas continua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o hospital, ela foi operada no tórax, no ombro, na boca – locais onde os projéteis ficaram alojados, e na mão que foi atingida quando ela tentou se defender

Ainda conforme o hospital, ela já saiu da sedação e está consciente. Para os médicos, Nadia está fora de risco e pode ter alta nos próximos dias.

Imagens das câmeras de segurança da farmácia mostram o momento em que o ex-namorado dela, o jornalista e empresário José Marcondes, o Muvuca, de 46 anos, atira contra ela.

As imagens mostram o momento em que o jornalista chega na farmácia. Ele usa uma jaqueta marrom e boné. O jornalista espera o cliente sair e começa a conversar com Nadia.

Ela vai para o escritório e conversa com o ex-namorado e, aparentemente após uma discussão, ele saca uma arma e Nadia tenta correr. Ela foi atingida com três tiros.

Ferida, a farmacêutica sai correndo do estabelecimento e recebe ajuda de pessoas que passavam pelo local.

O crime teria acontecido porque o jornalista não aceitava o fim do relacionamento.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Mulher de Tangará da Serra. O corpo de José Marcondes será enterrado em Cuiabá.

Segundo a família do jornalista, o relacionamento dele com a farmacêutica durou de dois a três anos, entre várias idas e vindas.

Muvuca foi candidato a governador do estado, em 2014, pelo PHS. Ele teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral e teve 1.713 votos.