Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 23 de Abril de 2024

Menu

Rápida ação

Em 24h, Polícia Civil prende executores e identifica mandante de homicídios em Sorriso

Mandante está preso na Penitenciária Central do Estado

Polícia | 10 de Janeiro de 2024 as 16h 29min
Fonte: Assessoria

Foto: Portal Sorriso

A Polícia Civil prendeu em flagrante em Sorriso, nesta quarta-feira (10.01), os autores de dois homicídios ocorridos na cidade nas últimas 24 horas. Ambas as vítimas foram vítimas com características de execução, com mãos e pés amarrados, em diferentes bairros da cidade.

De acordo com o delegado Bruno França, o mandante dos homicídios também foi identificado pela equipe policial e está detido por outros crimes na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá. Com a identificação, a Polícia Civil representará ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do mandante dos assassinatos.

O corpo de Josuel Pinto do Nascimento, de 21 anos, foi encontrado na manhã de terça-feira, em uma obra em construção, no bairro Jardim Paraíso. Trabalhadores do local localizaram o corpo e comunicaram à polícia.

A vítima estava com mãos e pés atados e com várias perfurações de arma de fogo. Próximo ao corpo foram encontrados estojos de calibre 9mm e uma arma artesanal municiada para calibre 32. Vizinhos à construção contaram ao investigador que ouviram disparos por volta das 03 horas da manhã. Familiares da vítima disseram que Josuel recebeu ameaças há alguns meses e tinha ligação com uma facção criminosa.

Segundo homicídio

A outra vítima, Fernando Oliveira Brito, de 25 anos, foi encontrada também na manhã de terça-feira, em uma estrada vicinal aos fundos do Jardim União, próxima a uma antiga granja. Também com pés e mãos amarrados, o corpo tinha diversos ferimentos provocados por arma de fogo e no local havia diversos estojos de calibre 9 mm.

As mãos da vítima estavam amarradas para trás com um fio e um casaco evidenciando que não conseguiria andar ou se defender das agressões.

Prisões

As investigações da Delegacia de Sorriso iniciaram com as diligências nos locais dos crimes e após as identificações das vítimas, as equipes policiais iniciaram as buscas pelos autores dos crimes.

Por meio de análise de informações e de câmeras de segurança, a equipe da Divisão de Homicídios chegou a dois executores dos homicídios, um de 23 e outro de 24 anos. Um deles, ALSC, foi forgido pela Operação Recuperação, deflagrada pela Polícia Civil no ano passado contra membros de uma facção criminosa em Sorriso, e é considerado executor do grupo criminoso.

Os dois serão interrogados na Delegacia de Sorriso e depois encaminhados ao centro de detenção do município, onde permanecerão à disposição da justiça.