Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 16 de Setembro de 2021

Polícia

Bebê de 4 meses achado morto em quintal teve traumatismo craniano

Criança estava com alguns membros do corpo cortados e em avançado estado de decomposição

Sorriso | 21 de Maio de 2021 as 13h 02min
Fonte: Informações G1 MT

O bebê de quatro meses que foi encontrado morto e enterrado no quintal de uma casa em Sorriso, sofreu traumatismo craniano. É o que apontou o exame de necropsia feito pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O corpo do menino foi encontrado na segunda-feira (17). A criança estava com alguns membros do corpo cortados e em avançado estado de decomposição.

A suspeita é que a mãe do bebê, de 22 anos, tenha cometido o crime. Ela fugiu da cidade na última sexta-feira (14), passou por Cuiabá, e foi presa em Porto Velho (RO), um dia depois que o filho foi encontrado morto.

Uma das inquilinas da casa contou à polícia que tinha alugado o imóvel com uma amiga, mas depois deixou o local. Essa amiga, então, passou a dividir o imóvel, com uma terceira pessoa, que seria a mãe da criança.

A mulher disse ainda que voltou à casa para buscar alguns pertences dela que tinham ficado. Ao chegar no local, encontrou a casa trancada e o corpo do bebê no chão.

Segundo ela, o corpo teria sido desenterrado pelo cachorro que ficava na casa.

O delegado que acompanha o caso, Getúlio Daniel, solicitou uma perícia complementar para tentar esclarecer a morte.

O que diz a mãe

À Polícia Civil de Rondônia, a suspeita informou que enquanto dormia a criança se engasgou com o próprio vômito e morreu. Quando acordou, o filho já estava morto e ela enterrou o corpo no quintal.

Ainda conforme a versão dela, o filho foi enterrado sem nenhuma mutilação.

O pai da criança ainda não foi identificado. A jovem também tem uma filha de quatro anos que mora com a avó paterna.