Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 18 de Setembro de 2021

Polícia

Bandidos torturam casal e matam homem com três tiros

Antônio Soares Moreira, de 26 anos, estava com a namorada em uma casa no Bairro Gilson de Barros

Homicídio | 15 de Setembro de 2021 as 10h 26min
Fonte: Midia News

Reprodução

Um homem identificado como Antônio Welison Soares Moreira, de 26 anos, foi assassinado com três tiros na cabeça após ele e a namorada serem torturados na madrugada dessa quarta-feira (15), em Várzea Grande. De acordo com a Polícia Militar, três homens mascarados entraram na casa, no Bairro Gilson de Barros, dizendo que eram policiais. Primeiro os criminosos pediram R$ 10 mil e uma pistola.

Depois de torturarem o casal, eles mataram Antônio com três tiros na cabeça e fugiram. O Samu (Serviço de Atendimento Médido de Urgência) foi acionado e uma equipe constatou a morte da vítima ainda no local. Na casa havia Ford Ranger branca, que os policiais constataram que havia sido roubada na segunda-feira na comunidade Valo Verde, em Várzea Grande. O proprietário foi até o local e reconheceu a caminhonete. Equipes da DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa) e da Politec foram acionadas. 

Tentativa de homicídio recente 

Em 9 de agosto, Antônio já havia sido vítima de uma tentativa de homicídio enquanto dirigia no Bairro Nova Canaã, em Cuiabá. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) após ser baleado quatro vezes no tórax. Na época, Polícia Civil afirmou que o atual namorado de sua ex-companheira era suspeito de ter cometido o crime. Segundo informações do boletim de ocorrência, testemunhas relataram que a vítima foi abordada pelo atirador dentro de seu carro.