Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quinta Feira 29 de Fevereiro de 2024

Menu

Estupro de vulnerável

Autor de estupro de vulnerável contra criança de 03 anos é preso em flagrante

Suspeito era casado com a avó paterna da criança e morava na casa ao lado casa da vítima

Polícia | 06 de Janeiro de 2024 as 07h 50min
Fonte: Assessoria

Foto: Christiano Antonucci/Secom

Um homem suspeito de abusar sexualmente de uma criança de apenas 03 anos, neto de sua companheira, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (05.01), em ação realizada pelos policiais da Delegacia de Alto Garças (357 km ao sul de Cuiabá).

O suspeito de 44 anos foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. Ele é casado com a avó paterna da vítima e morava ao lado da casa da criança.

As diligências que resultaram na prisão do suspeito iniciaram após a mãe da criança procurar a delegacia, narrando que estava fazendo seus afazeres domésticos quando deu falta do filho, por volta das 15:45, indo procurá-lo na casa do suspeito, onde a criança costumava frequentar.

Chegando ao local, a mãe se deparou com o filho sentado no colo do suspeito, estando os dois com as caixas abaixadas e com os órgãos genitais a mostra. A mãe rapidamente pegou o filho e acionou o Conselho Tutelar da cidade.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe de investigadores foi até a residência do suspeito, onde realizaram a sua prisão em flagrante do suspeito. A criança, de apenas 3 anos de idade, narrou para a mãe que não é a primeira vez que sofre abusos dessa natureza.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Alto Garças, onde após ser interrogada pela delegada Michele Castro Reis de Siqueira, foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável, sendo representado pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva. O preso foi encaminhado ao presídio local, onde aguarda decisão da justiça.

A delegada destaca que vem recebendo diversas denúncias de abuso sexual praticado contra criança e adolescentes tanto por parte da população quanto do Conselho Tutelar da cidade. “As denúncias são resultado de campanha de conscientização realizada do município e têm sido essenciais para o trabalho da Polícia e prisão dos autores, uma vez que as vítimas são cada vez mais jovens, como neste caso, em que a criança possui tão somente 3 anos de idade”, destacou a delegada.