Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Quarta Feira 27 de Outubro de 2021

Polícia

Associação criminosa envolvida em roubo e adulteração de carga é presa

Suspeitos foram conduzidos à delegacia

Flagrante | 26 de Março de 2021 as 13h 07min
Fonte: Assessoria PJC-MT

Assessoria PJC-MT

A Polícia Civil, em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) em apoio da Delegacia de Pedra Preta (238 km ao sul da Capital), desarticulou na quinta-feira (25.03), uma associação criminosa envolvida em crimes de roubos de caminhões, receptação e adulteração das cargas roubadas.

A ação resultou na prisão de nove pessoas em flagrante, por promover ou constituir organização criminosa e receptação. Durante o trabalho, também foi recuperada uma carga recém roubada e apreendido um caminhão, duas máquinas pá-carregadeira e os objetos destinados à adulteração do produto. 

As diligências iniciaram após informação repassada pela Polícia Civil de Pedra Preta para equipe da Derf Rondonópolis sobre um caminhão Scania com um reboque e um semireboque que foi localizado porém sem a carga dentro.

Diante das várias ocorrências de roubos de cargas que a equipe da Derf vinha apurando, os policiais logo conseguiram identificar um galpão, no distrito industrial onde os supeitos foram encontrados. No local foi recuperada a carga de soja que havia sido roubada na mesma data. 

No momento em que a equipe da Derf chegou ao local, a soja já estava passando pelo processo de transbordo que caracteriza a adulteração, em que o produto se transforma em material de farelo. 

Durante as investigações foi possível levantar a qualificação de todos os envolvidos, inclusive os líderes, assim como identificar a atuação de cada membro do grupo, desde o roubo da carga, transporte, descarregamento, entre outras fases, até a última etapa que era a adulteração.

A associação criminosa possuía um forte esquema montado, contando com contabilidade, transferências e recrutamento de motoristas e ajudantes. Com base nas informações e indícios colhidos, os investigadores da Derf Rondonópolis foram até o barracão e logo que chegaram já visualizaram a referida carga de soja recém roubada.

Os nove membros da associação criminosa foram presos, sendo todos conduzidos até a delegacia onde após interrogados foram autuados em flagrante.

As investigações continuam para identificar e prender outros possíveis envolvidos no crime.